Denúncias da 'Vaza Jato' viraram livro

Publicado sábado, 19 de outubro de 2019 às 08:02 h | Atualizado em 19/10/2019, 10:43 | Autor: Miriam Hermes e Redação | [email protected]

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) promove, na próxima segunda-feira, dia 21, em Salvador, às 18 horas, o lançamento do livro 'Relações Obscenas', uma coletânea de revelações divulgadas pelo site noticioso The Intercept Brasil.

A atividade reunirá ativistas e cidadãos interessados na recuperação do Estado Democrático de Direito, em encontro programado para o Museu de Arte da Bahia (MAB), localizado no Corredor da Vitória.

O objetivo dos militantes políticos é denunciar as supostas ilegalidades cometidas durante a Operação Lava Jato, devido à condução dos processos de forma estranha à legislação vigente.

Também serão relatadas ações consideradas arbitrárias e fora de contexto por parte do Ministério Público e da Polícia Federal, cuja condução dos trabalhos teria extrapolado os limites do Estado de Direito.

‘Relações Obscenas – As Revelações do Intercept/BR’ é uma coletânea de 60 artigos assinados por especialistas que analisam diferentes aspectos contidos na série de reportagens do site Intercept Brasil, intitulada ‘Vaza Jato’.

Atuação de Moro – A presidenta da AJD, Valdete Souto Severo, assina um dos textos da publicação: “O Comprometimento da Soberania Nacional”. Os ativistas atribuem ao atual ministro da Justiça, Sergio Moro, uma atuação parcial e até mesmo ilegal nos julgamentos.

A publicação foi organizada por Wilson Ramos Filho, Maria Inês Nassif, Hugo Cavalcanti Melo Filho e Mirian Gonçalves, com ilustrações de Renato Aroeira e prefácio do escritor e jornalista Fernando Morais.

“É profundamente lamentável que a missão confiada ao atual presidente seja transformada em um vergonhoso exercício

de grosserias e, neste caso, também na propagação de falsidades”

Governadores do Nordeste,em carta respondendo a ataques de Bolsonaro contra o governador de PE

Governadores do NE reagem

Em carta divulgada ontem à noite, os governadores do Nordeste repudiam as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Por informar, em peça publicitária, que o Governo de Pernambuco pagará a 13ª parcela do programa Bolsa Família com recursos estaduais, Paulo Câmara foi chamado de “espertalhão” em postagem nas redes sociais de Bolsonaro e acusado de se aproveitar do programa federal.

Porém, em Pernambuco, o projeto de pagamento do 13º foi aprovado em novembro de 2018, antes de o presidente assinar a medida provisória que o institui no âmbito federal. Assim, como explicam os governadores no texto, foi o governo pernambucano quem primeiro garantiu o beneficio.

Mulheres do PSB

Acontece hoje no Hotel Portobello, em Ondina, a partir das 9h, o Seminário de Formação Política de Mulheres do PSB. O evento conta com a presença da ex-vendedora ambulante e atual vice-governadora do Espírito Santo, Jacqueline Moraes, da deputada federal Lídice da Mata, da deputada estadual Fabíola Mansur, da secretária Julieta Palmeira (Secretaria de Políticas para Mulheres), da coordenadora da Ronda Maria da Penha, da major Denice Santiago, dentre outras integrantes do partido e movimentos feministas. Uma das pautas do evento é discutir a importância da manutenção de 30% de cotas para candidaturas de mulheres e seu financiamento, já que, em participação feminina na política, o Brasil fica atrás de países como Iraque e Afeganistão.

POUCAS & BOAS

Amaury Alves, Guilherme Oliveira, Mateus Mendes e Natan Souza, estudantes do 3º ano do ensino Médio do Colégio Estadual de Seabra, venceram ontem a 20ª Mostra Brasileira de Foguetes realizada em paralelo à 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, no Rio de Janeiro. Com orientação do professor Luan Orion, a equipe bateu o recorde do ano passado e conquistou o ouro.

A Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) participa da campanha Outubro Rosa apoiando a iniciativa Lenços do Agro, criada para arrecadar lenços, perucas e mechas de cabelo que serão doados para mulheres com câncer de mama em processo de quimioterapia. A sede da Aiba em Barreiras e o Núcleo das Mulheres do Agro, em Luís Eduardo Magalhães, recebem as doações.

Publicações relacionadas