Indústria baiana sofre com queda de 2,9%

Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 às 06:02 h | Atualizado em 18/02/2020, 22:37 | Autor: Caroline Gois, Miriam Hermes e Redação | [email protected]

A indústria de transformação baiana registrou queda de 2,9% no resultado apurado durante o ano passado, de acordo com estudos divulgados pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). O percentual está abaixo da média do país, cujo crescimento foi zero.

Os números foram apurados pela equipe de técnicos da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física, tomando como base os dados fornecidos por cada setor em trabalho encerrado este mês de fevereiro.

Embora divulgados pela Fieb, os estudos são de responsabilidade do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o objetivo de acompanhar o desempenho do produto real da indústria no curto prazo a fim de municiar os gestores de informação qualificada para tomar as melhores decisões.

O gerente de estudos técnicos da Fieb, Ricardo Kawabe, pensou algumas opções para explicar o ano negativo para a indústria baiana, relacionando o resultado com aspectos do cenário econômico.

– Um baque, no setor petroquímico, com a situação da Fábrica de Fertilizantes (Fafen), afeta o segundo mais importante item da indústria local. Como a indústria baiana é muito concentrada, qualquer impacto tem efeito mais geral – disse Kawabe.

Reflexo – Também tiveram reflexo negativo na indústria baiana os problemas verificados com a Braskem em Alagoas, cujos efeitos prejudicaram o desempenho da unidade do Polo Petroquímico de Camaçari.

Outras adversidades citadas por Kawabe foram a crise na Argentina, impactando as exportações do segmento automotivo, e as tensões entre Estados Unidos e China, influenciando na redução de exportações de celulose.

“O Paulo Guedes não pediu para sair. Aliás, eu tenho certeza que, assim como ele é um dos poucos que eu conheci antes das eleições, ele vai continuar conosco até o nosso último dia”

Jair Bolsonaro, presidente da República, saindo em defesa do seu ministro da Economia, após uma série de declarações dadas por Guedes nos últimos dias que repercutiram negativamente.

Concerto para Santa Dulce

Hoje é dia de a capital paulista curvar-se à santidade de nossa Irmã Dulce, rendendo-lhe uma homenagem. O Theatro Municipal recebe às 20h o concerto Senzalas Brasileiras, do regente e compositor baiano Roberto Laborda.

As composições da ópera já foram executadas em Roma, nas comemorações pela canonização. O concerto será executado por diferentes formações instrumentais reunidas na Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM).

Plenamente identificada com a dor e o sofrimento dos herdeiros das senzalas, tema central do concerto, Santa Dulce dos Pobres inspirou Roberto Laborda a associar a dedicação da freira ao sentimento de esperança.

Furdunço em Alagoinhas

Um Projeto de Lei enviado pelo prefeito Joaquim Neto à Câmara Municipal da cidade, no último dia 11, acirrou o clima na Casa. Com o valor que atinge R$ 15 milhões a serem destinados para obras de infraestrutura, o projeto já se tornou polêmico antes de ser votado. Comenta-se nos corredores do prédio legislativo que seria uma moeda de troca entre o prefeito e o presidente da Câmara, Roberto Torres. Mirando na reeleição, o chefe do Executivo já teria escolhido Torres como seu vice na chapa, cuja contrapartida para garantir o cargo seria a aprovação do montante. Dizem ainda por lá que o motivo vai além das eleições. Envolveria também pagamento de empréstimo e até mesmo jogo do bicho.

POUCAS & BOAS

O Plano Municipal de Coleta Seletiva será apresentado hoje às 19h no Centro Cultural de Luís Eduardo Magalhães pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Economia Solidária local em parceria com o Instituto Recicleiros. A meta do município é desviar mais de 80% dos resíduos sólidos, atualmente encaminhados ao lixão, para reaproveitamento.

Com programação esportiva na orla a partir das 19h de hoje, o município de São Desidério adianta os festejos relativos à comemoração dos 58 anos de emancipação política. A data oficial do aniversário é 22 de fevereiro, dia em que uma série de eventos marcam a data, como o passeio de Ecobike e shows musicais. Entre os destaques durante a semana estão o Encontro de Reisados amanhã na praça Abelardo Alencar e a 7ª edição do Carnaval de Marchinhas, na sexta-feira, com concentração às 18h na praça Juarez de Souza.

Publicações relacionadas