Municípios querem título de Geoparque

Publicado domingo, 06 de outubro de 2019 às 10:34 h | Atualizado em 06/10/2019, 10:41 | Autor: [email protected]

O título de Geoparque, concedido pela Unesco, tem entre seus novos candidatos os municípios baianos de São Desidério, Morro do Chapéu, Rio de Contas e um grupo formado por quatro municípios – Lençóis, Andaraí, Mucugê e Palmeiras, na Chapada Diamantina –, onde setores da população desenvolvem trabalhos visando viabilizar as respectivas candidaturas. A conquista do certificado pode implicar em investimentos na área ambiental, mas também a concessão de recursos de investimento em infra-estrutura e manifestações culturais regionais, e principalmente ênfase em geoturismo e desenvolvimento sustentável, com envolvimento da população local. No Brasil, apenas a Chapada do Araripe, no estado do Ceará, é considerado Geoparque.

– É preciso cumprir uma série de requisitos, mas o retorno vale a pena para o município ou região – explica o geólogo Antônio Dourado, entusiasta do assunto, ao acompanhar com assiduidade os avanços das cidades candidatas da Bahia rumo ao cobiçado certificado.

Avanços – Em Lençóis já há sinais de evidências destes avanços. Nos locais onde há registro histórico ou de relevância cultural, foram colocadas placas informativas para o visitante conhecer os vestígios e as características capazes de tornar o município tão especial, pelo patrimônio da era de fausto do garimpo, natureza exuberante e peculiaridades no jeito de ser da população.

No mesmo ritmo, municípios associados a Lençóis tomam providências para fortalecer as chances de conquistar o título de Geoparque. A candidatura ganha força com Andaraí, Palmeiras, onde fica o vale do Capão e o Morro do Pai Inácio e Mucugê, onde começou o ciclo do diamante na região, além de Morro do Chapéu.

“Nos últimos meses, o presidente vem fazendo um discurso mais conciliador. Ele viu que em uma democracia ele não consegue governar sozinho. Precisa do Supremo, Congresso e instituições”

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, avaliando o presidente Jair Bolsonaro na reta final de seu primeiro ano de mandato

  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |
  • Municípios querem título de Geoparque
    |

Afropunk em Salvador

A edição brasileira de um dos maiores festivais de cultura negra do mundo, o Afropunk, está na reta final de confirmação para acontecer em Salvador, em 2020. A edição comemora os 15 anos do evento, que será realizado pela primeira vez na América Latina. Com origem em Nova York, já passou por Paris, Atlanta, Londres e Joanesburgo.

– Já está tudo encaminhado e o martelo próximo de ser batido para que ocorra em Salvador – garante o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, destacando a relação direta do evento internacional com a cultura baiana.

O festival é referência para moda, arte, economia criativa e empreendedorismo negro, reunindo artistas e ativistas como agentes de transformação social.

Negócios com soja e café

A previsão de aumento do volume de negócios de soja e café para Argentina e Colômbia, grandes e tradicionais produtores, fortalece a defesa do livre comércio na América do Sul. Esta é a visão prevalecente nos debates realizados em seminário promovido pelo Ministério das Relações Exteriores, com a participação de representantes do agronegócio de diversas regiões brasileiras. O destaque para a soja e o café desperta a atenção dos produtores baianos, devido à importância destas culturas para a economia do Estado, notadamente as regiões Oeste, Sudoeste e da Chapada Diamantina.

Durante a realização do seminário, os gestores do agronegócio reunidos concordaram com a oportunidade de abrir novos mercados na região, graças à promoção de novos encontros de intercâmbio de tecnologia e conhecimento no manejo das culturas.

Organizado pela Associação Latino-americana de Integração (Aladi), o encontro teve a participação da Superintendência de Relações Internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária da Bahia (CNA). A associação integra 13 países-membros e organiza uma rede de acordos bilaterais entre seus membros, visando fortalecer o livre mercado entre os produtores latino-americanos. As maiores dificuldades, segundo os debatedores, estão concentradas nos valores de custo da infraestrutura e logística no preço final dos produtos agrícolas, tomando o Brasil como referência.

POUCAS & BOAS

A primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo no município de Mata de São João começa amanhã e vai até o dia 25 de outubro. As vacinas serão disponibilizadas em todas as 14 unidades dos postos do Programa Saúde da Família (PSF).

Publicações relacionadas