A Rede D’Or em 2024 investindo em saúde | A TARDE
Atarde > Conteúdo Publicitário

A Rede D’Or em 2024 investindo em saúde

Novos hospitais, ampliação de unidades e expansão do Programa de Qualidade Técnica estão entre as prioridades

Publicado sexta-feira, 15 de março de 2024 às 06:00 h | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem A Rede D’Or em 2024 investindo em saúde
-

Maior empresa de saúde da América Latina, com quase 50 anos de atuação, a Rede D’Or anuncia, como prioridades para 2024, a implantação de novos hospitais; a ampliação de unidades; e o aprimoramento dos processos que elevam o padrão da qualidade assistencial, com a expansão do Programa de Qualidade Técnica. Os novos desafios, afirmam seus gestores, chegam após o grupo ter sido pioneiro, no ano passado, na divulgação pública de seus principais indicadores de qualidade.

Dentro da proposta de ser uma empresa que se renova, expande e se desafia constantemente, a Rede D’Or prevê uma série de lançamentos, entre os quais as novas torres do Aliança Star, na Bahia; do Memorial Star, em Pernambuco; e do Vila Nova Star, em São Paulo, e o Macaé D’Or, no Rio de Janeiro. Além disso, são esperadas as conclusões das obras do novo Barra D’Or, também no Rio de Janeiro, São Luiz Alphaville e São Luiz Guarulhos, em São Paulo. Recentemente, a rede inaugurou o Hospital São Luiz Campinas (SP) e a Perinatal Glória (RJ), além de ter ampliado a Clínica São Vicente (RJ).

Ao lado das prioridades de inauguração e ampliação de unidades, se destaca também o Programa de Qualidade Técnica da empresa. “O nosso programa é o mais abrangente do país. Ele monitora continuamente 50 indicadores em 73 hospitais. Mas é necessário conferir se esses indicadores são medidos corretamente. Daí a importância das auditorias externas, realizadas por instituições independentes e conceituadas, entre elas a Joint Commission International (JCI)”, ressalta a diretora de Qualidade Corporativa da Rede D ́Or, Helidea Lima.

A gestora destaca, ainda, que em 2023, a Rede D’Or foi pioneira na divulgação pública de seus principais indicadores de qualidade. “Ao iniciar um movimento de transparência no setor privado da saúde, a D’Or incentivou outras instituições a seguirem o mesmo caminho. Para este ano, a empresa mantém o compromisso de divulgar periodicamente seus indicadores, sempre checados com máximo rigor em sua acurácia”, pontua, completando que “encerrar o último ano com grandes avanços em áreas desafiadoras é motivo de orgulho para uma organização que vem expandindo sua presença nacional e pretende ampliar o acesso a uma medicina de excelência para mais brasileiros”.

Imagem ilustrativa da imagem A Rede D’Or em 2024 investindo em saúde

Liderança e inovação

Em comparação com a base de dados da Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), os hospitais da Rede D’Or fecharam o ano de 2023 com resultados superiores aos da instituição, ressaltando a posição de liderança do grupo ao impulsionar a qualidade e inovação no setor de saúde no Brasil. Por conta dessa atuação, considera seus gestores, o grupo continua sendo a escolha de médicos que são referência no país e no exterior. “A Rede D’Or assegura aos médicos não apenas o conforto e a segurança necessários para atender e internar seus pacientes, mas também acesso a recursos tecnológicos de última geração para diagnóstico e tratamento. Tudo isso se soma à qualidade do nosso corpo clínico com diversos especialistas clínicos e cirúrgicos que atuam em Centros Médicos capacitados para garantir uma atividade profissional ética e inclusiva”, confirma o Dr. Raymundo Paraná, diretor do Hospital Aliança, em Salvador.

O gerente Médico Regional da Rede D’Or na Bahia, Luís Afonso Borges Martinho, completa que, com uma visão de longo prazo, a Rede D’Or se propõe a oferecer uma medicina de excelência e investe nos mais avançados recursos e estrutura de ponta para apoiar a atuação dos especialistas do seu corpo clínico e demais profissionais de saúde. “Estamos expandindo o acesso à tecnologia robótica de ponta para um número crescente de pacientes, ao mesmo tempo em que lideramos a formação de novos médicos para sua utilização. O investimento contínuo em nossos hospitais garante uma capacidade operacional aprimorada para realizar cirurgias com segurança e eficiência, beneficiando tanto pacientes quanto médicos. E esse caminho continua firme em 2024”. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS