adblock ativo

Brasil recebe primeiro lote de vacina contra a covid-19 da Janssen

Publicado terça-feira, 22 de junho de 2021 às 09:51 h | Atualizado em 22/06/2021, 10:22 | Autor: Da Redação
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhou o desembarque | Foto: Divulgação | Ministério da Saúde
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhou o desembarque | Foto: Divulgação | Ministério da Saúde -
adblock ativo

O Brasil recebeu na manhã desta terça-feira, 22, o primeiro lote da vacina contra a covid-19 da Janssen, com 1,5 milhão de doses. A vacina se destaca por ser o único imunizante de dose única que integra o Plano Nacional de Imunizações (PNI) no combate à pandemia.

O avião que trouxe o lote aterrissou no aeroporto internacional de Guarulhos (SP). No local, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga comentou a chegada do imunizante. "Mais 1,5 milhão de doses de esperança para o povo brasileiro...Essa vacina tem uma vantagem de ser dose única. E, com isso, conseguimos avançar no nosso programa de imunização".

Este primeiro lote é fruto de uma antecipação de entrega das doses do imunizante da Janssen, cuja as 38 milhões de doses compradas pelo Brasil estavam previstas para o último trimestre. "O esperado era que era 3 milhões chegassem ao país na semana passada, mas sem detalhar o motivo, Marcelo Queiroga apenas disse que "lamentavelmente, não foi possível a chegada".

Queiroga também falou sobre a campanha de vacinação do Brasil. O país conta com pouco mais de 11% da população completamente imunizada. "Já atingimos a meta de 40% da população brasileira acima dos 18 anos com a 1ª dose. Em setembro, teremos a população acima de 18 anos imunizada com a 1ª dose da vacina contra a covid19. É a esperança de por fim ao caráter pandêmica desta doença", disse o ministro

Na última semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a extensão da validade da vacina, que passou de três meses para quatro meses e meio.

adblock ativo

Publicações relacionadas