"É um número muito maior do que a gente possa imaginar", alerta médica sobre síndrome pós-Covid

Publicado quarta-feira, 16 de junho de 2021 às 09:08 h | Atualizado em 16/06/2021, 09:20 | Autor: Da Redação

Com o grande número de infectados com o coronavírus no Brasil, não tem sido incomuns relatos de sintomas que perduram por meses depois do diagnóstico positivo para a Covid-19. Para a médica gastroenterologista e presidente do Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde, Marilea Souza, a situação pode ser ainda mais grave e é preciso olhar o cenário com atenção.

"Estudos mostram que independente da forma, se grave, se leve, se moderada, os pacientes podem desenvolver sintomas de Covid longo", disse a médica nesta quarta-feira, 16, em entrevista ao programa "Isso é Bahia", da rádio A TARDE FM. "É um número muito maior do que a gente possa imaginar", alerta.

Atualmente, a Bahia já contabiliza 22.703 óbitos pela doença, o que representa letalidade de 2,12%. De acordo com dados desta terça-feira, 15, da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), são 1.071.899 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.035.647 já são considerados recuperados e 13.549 encontram-se ativos.

Entre os sintomas mais comuns da síndrome pós-Covid estão transtornos de humor, fadiga, dor de cabeça e muscular, sensação de falta de ar e comprometimento cognitivo. Para o tratamento, Marilea lembra que é preciso uma equipe multidisciplinar e que as equipes de saúde ainda estão aprendendo como lidar da melhor forma com os sintomas.

"É um distúrbio múlti sistêmico, ele pega vários órgãos, tem sido um desafio para a ciência descobrir como tratar esses pacientes. A gente precisa nos preparar e ver como conseguiremos atravessar mais isso. O tratamento ideal é não ter Covid, através da vacina, isolamento, uso de máscara", reforça a médica.

No estado, 4.176.091 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19, dos quais 1.625.548 receberam também a segunda dose, até as 16h desta terça. Em todo o Brasil, mais de 80 milhões de doses de vacinas foram aplicadas no país.

Publicações relacionadas