Para evitar desperdício, vacinas da Janssen devem ser aplicadas em até 48h após chegada à Bahia

Publicado segunda-feira, 14 de junho de 2021 às 12:01 h | Atualizado em 14/06/2021, 12:03 | Autor: Da Redação

As vacinas da Janssen, única até o momento que só precisa da aplicação de uma dose, vão ser completamente utilizadas em até 48h após sua chegada na Bahia. Os imunizantes já vão chegar no estado com o prazo de validade perto de vencer.

"Nós vamos colocar na região metropolitana, como o prazo é muito curto, a equipe da Sesab está verificando as cidades que garantirão multirão para não perder nenhuma vacina", disse o governador Rui Costa em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 14. Os imunizantes vão vencer no dia 27 de junho.

"O dia que chegar queremos começar a vacinar no mesmo dia. É por isso a ideia é a ideia é ter um lugar que a gente possa controlar isso e se o município não executar, a gente possa remanejar imediatamente. Os municípios que receberem essa ou aquela dose em maior quantidade será descontado depois, então não tem problema", completou o gestor.

Depois de obter autorização da Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador dos Estados Unidos, a Jonhson & Jonhson vai enviar ao Brasil 3 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19. Os imunizantes devem chegar na terça-feira, 15, no aeroporto de Guarulhos.

A FDA decidiu descartar 60 milhões de vacinas da J&J feitos nessa planta, conforme o jornal "New York Times". Mas autorizou o uso e a exportação de 10 milhões de doses que teriam sido feitas antes do problema começar.

Publicações relacionadas