Pfizer avalia necessidade da 4ª dose para combater Ômicron

Quarta dose seria necessária após um ano da terceira

Publicado quinta-feira, 09 de dezembro de 2021 às 14:44 h | Atualizado em 09/12/2021, 16:50 | Autor: Da Redação

Uma quarta dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer pode ser necessária para conter a variante Ômicron, segundo informou o CEO da farmacêutica, Albert Bourla.

Segundo ele, pesquisas preliminares mostraram que a nova variante pode minar os anticorpos protetores gerados pela injeção da empresa.

Nesta quarta-feira, 8, a Pfizer/BionTech divulgou estudo que mostrou que as três aplicações do imunizante são eficazes no combate à variante, enquanto apenas as duas doses tiveram eficácia menor, com menos anticorpos, mas ainda oferecendo proteção contra adoecimento grave.

"Quando virmos dados do mundo real, vamos determinar se a Ômicron está bem coberto pela terceira dose e por quanto tempo. E o segundo ponto, acho que precisaremos de uma quarta dose", disse Bourla em entrevista à CNBC.

Ele pontuou que a 4ª dose seria necessária um ano após a terceira dose. 

Publicações relacionadas