Banda Fresno contraria decisão do TSE e manda “Fora Bolsonaro”

Tribunal Superior Eleitoral proibiumanifestações políticas durante as apresentações do festival

Publicado domingo, 27 de março de 2022 às 18:22 h | Atualizado em 27/03/2022, 19:04 | Autor: Da Redação
Banda Fresno escreveu neste domingo, 27, no telão a frase “Fora Bolsonaro
Banda Fresno escreveu neste domingo, 27, no telão a frase “Fora Bolsonaro -

Horas após o ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ter determinado a proibição de manifestações políticas durante as apresentações do festival Lollapalooza, a banda Fresno escreveu neste domingo, 27, no telão a frase “Fora Bolsonaro” e o vocalista Lucas Silveira gritou o mesmo no microfone.

Logo depois, o cantor Lulu Santos, que fez uma participação especial no show da Fresno, declarou: ““Como disse a Carmen Lúcia, cala boca já morreu, quem manda na minha boca sou eu”.

Na decisão liminar divulgada no último sábado, Raul Araujo avaliou que as manifestações de Pablo Vittar e Marina em seus shows no festival na última sexta-feira se enquadrariam como propaganda eleitoral.

Dessa forma, o magistrado vetou novos atos políticos após ação impetrada pelo PL, partido do presidente Jair Bolsonaro. A decisão, já não acatada pela Fresno, determinava multa de R$ 50 mil ao festival caso outros artistas se manifestassem politicamente

Publicações relacionadas