Cultura japonesa inunda Bienal do Livro Bahia | A TARDE
Atarde > Cultura > Literatura

Cultura japonesa inunda Bienal do Livro Bahia

Os amantes de manga aproveitaram a sexta-feira para curtir o evento

Publicado sexta-feira, 26 de abril de 2024 às 21:30 h | Autor: Artur Soares | Portal Massa!
Marco prática cosplay há quatro meses e aproveitou a Bienal para se fantasiar de Mahito
Marco prática cosplay há quatro meses e aproveitou a Bienal para se fantasiar de Mahito -

Com estandes voltados para a venda de itens de anime, a Bienal do Livro Bahia também serviu como uma forma de reunir os amantes de cultura japonesa. Os mangás, histórias em quadrinhos japonesas, ganharam seu espaço em meio a uma imensidão de títulos. Pensando nisso, houve quem aproveitou a deixa para ir caracterizado de seu personagem favorito.

"Eu sempre fui muito ocupado e no meu tempo livre eu não tinha o que fazer, então comecei a ver o pessoal fazendo cosplay e achei legal", contou Marco Alexandre, 17, estudante que estava curtindo o evento pela primeira vez na vida.

Marco prática cosplay há quatro meses e aproveitou a Bienal para se fantasiar de Mahito, um dos vilões do anime Jujutsu Kaisen. "Escolhi o Mahito porque essa era a peruca mais arrumada que eu tinha. Mas eu gosto da ideia dele defender que não existe certo ou errado, mas apenas pontos de vista diferentes", explicou.

Morador de Sussuarana, o jovem assume que não possuía uma relação tão profunda com a leitura antes da Bienal. "Nunca fui muito de ler, mas não quer dizer que eu nunca li. Eu lia muito mangá, mas agora fiquei de ler O Pequeno Príncipe", admitiu.

Sendo parado o tempo inteiro para tirar fotos, Marco revela que acabou tendo suas expectativas com o cosplay foram superadas. "Eu não esperava que muita gente reconhecesse. Mas foi bem melhor do que eu esperava", finalizou.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS