adblock ativo

Elza Soares apresenta show com repertório de Lupicínio Rodrigues

Publicado sexta-feira, 08 de dezembro de 2017 às 08:00 h | Atualizado em 08/12/2017, 13:18 | Autor: Márcia Moreira
Evento acontece neste domingo, 10, no Teatro Castro Alves
Evento acontece neste domingo, 10, no Teatro Castro Alves -
adblock ativo

De menina pobre à Cantora Brasileira do Milênio, título concedido a ela em 1999 pela rádio BBC de Londres. Ela, no caso, é a extraordinária Elza Soares que lutou muito para ter seu talento reconhecido, numa trajetória pessoal e profissional marcada por discriminação, preconceito e muitos desafios. Da perda de filhos; o sequestro de uma filha – só reencontrada anos mais tarde – ao casamento tumultuado com o jogador Garrincha. Superou tudo com sua arma mais poderosa e preciosa: a voz.

Aos 80 anos, Elza Soares faz planos para 2018: "vem aí um grande trabalho", anuncia em entrevista concedida, por e-mail, ao Jornal A TARDE. Neste domingo, 10, às 18h, ela apresenta na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, o show Elza Canta Lupi. A abertura fica por conta da cantora Larissa Luz, que não esconde a emoção do momento.

"Dividir uma noite com Elza é bem simbólico pra mim! Ela é uma grande referência..Poesia e resistência. Me representa demais!", afirma. O show também marca a entrega da premiação do XV Festival de Música Educadora FM que, aliás, merecia uma cerimônia própria como já aconteceu em edições anteriores.

Neste show Elza presta uma homenagem ao compositor que lhe deu o primeiro sucesso da carreira, a canção "Se acaso você chegasse". Os dois se conheceram de forma turbulenta, com Lupicínio levando um bouquet de rosas para sua pupila – e ela, sem conhecê-lo e julgando ser mais uma cantada, disparando um "odeio rosas!". Elza relembra a história na entrevista a seguir. "Devia essa homenagem ao Lupi", diz. Para retribuir, um show com as canções do compositor e um cenário especial, preparado pelo produtor Juliano Almeida, com 1000 rosas cobrindo todo o palco. Um afago à memória de Lupi e ao coração dos fãs que comparecerem à Concha.

A última em Salvador você apresentou o show A Voz e a Máquina, em que mistura alguns estilos como samba e jazz com música eletrônica. Agora você volta cantando um dos compositores clássicos da MPB. Esta busca por oferecer algo de novo ao público, ainda é o que te move?

A Voz e a Maquina é um show em que eu refiz completamente, mantive somente o nome do show, estreei em São Paulo e no Rio em novembro este novo show, com um repertório maravilhoso, o público delira... Sou muito inquieta, desta vez coloquei o show do meu jeito, agora faço com dois Djs e um guitarrista, ficou ultramoderno, vocês precisam ver, ficou lindo, cara! Este show que estou levando para Salvador, Elza canta Lupi também é muito forte, eu fiz um apanhado do repertório do Lupicínio Rodrigues e o Eduardo Neves, meu maestro neste show, fez novos arranjos, ficou contemporâneo, moderno... tenho certeza que vocês vão adorar!

Cantar Lupi te traz uma emoção a mais, já que ele foi o responsável pelo seu primeiro sucesso como cantora (a música Se Acaso você chegasse)?

Lógico!!! Eu devia esta homenagem ao Lupi, ele foi responsável pelo meu primeiro sucesso e por revelar a minha arte ao mundo. Foi com "Se Acaso Você Chegasse" que eu pude dar uma vida melhor aos meus filhos, melhorei de vida. Quando estou no palco cantando este repertório, estou ali de corpo e alma cantando para Lupi.

Foi difícil montar o repertório?

Foi uma delicia, todo dia descobríamos algo novo, uma música nova, criávamos um arranjo novo... O que me encanta são os arranjos que o maestro Eduardo Neves criou com essa banda maravilhosa.

O que o público baiano pode esperar desse show?

Um show moderno e completamente sofisticado, neste show eu falo de amor sem ser piegas, completamente renovado e moderno. O público baiano vai se surpreender. Tem um cenário lindo, são mais de 1000 rosas cobrindo o chão, que o meu produtor Juliano Almeida criou, aliás as rosas são para me desculpar a gafe que cometi quando conheci Lupicínio Rodrigues. Eu estava no Texas Bar cantando Se Acaso Você Chegasse e ele chegou com um bouquet de rosas nos braços e me entregou, eu com medo de cair em mais uma cantada (eu não conhecia Lupi), e ele me disse: "uma rosa para outra rosa". Cara, na hora eu retruquei e disse: "olha aqui, não me chamo Rosa e odeio rosas!". Ele me olhou e respondeu: "eu sei que você não se chama Rosa, você é Elza Soares e este sucesso que você está cantando é meu, eu sou Lupicínio Rodrigues". Eu não sabia onde colocar a minha cara, saí correndo dizendo para ele que eu adorava rosas e pedi perdão. Que gafe! Por isso o Juliano Almeida fez o cenário para retribuir as rosas ao Lupi... rsrsrsrs

Qual a sua relação com a Bahia?

Cara, você sabia que eu já recebi o titulo de cidadã soteropolitana? Eu adoro a Bahia, me sinto em casa, algo que não sei explicar... Gostaria de voltar mais vezes a Salvador...

Hoje se fala muito em empoderamento feminino e você é uma das mulheres que sabe bem o significado dessa palavra. O que você acha que as mulheres ainda precisam conquistar?

A luta é grande, viu? Ainda temos um longo caminho para percorrer... Precisamos conquistar a igualdade no mercado de trabalho, principalmente, ainda temos que lutar muito contra o machismo... devagar a gente chega lá... rsrsrs

Superação e reconhecimento são duas palavras que poderiam resumir a sua trajetória de vida. Você sempre deu a volta por cima, cheia de energia e alegria. Que conselho daria para o povo brasileiro que está tão desanimado com a atual situação do país?

Vou repetir, não desista nunca! Erga a cabeça e siga em frente! estamos passando por uma crise em todos os sentidos, financeira, moral... Mas tudo passa, as coisas boas passam, as coisas ruins também passam... Tudo passa!

Algum novo CD em produção para 2018?

Sim, ainda estamos fechando repertório, estou com gravadora nova... Vem um grande trabalho em 2018, se Deus quiser, e nós estamos trabalhando muito para isso!

Aos 80 anos, como você se define como artista e como mulher?

Não penso muito, vou vivendo... My name is Now!

adblock ativo

Publicações relacionadas