Filho de Sine Calmon, Ennos Emanuel lança clipe, singles e show do seu novo trabalho

Publicado sábado, 04 de setembro de 2021 às 06:06 h | Atualizado em 03/09/2021, 22:11 | Autor: Eduarda Uzêda

“É uma junção entre dois universos distintos: reggae music e música eletrônica. A canção contém instrumentos orgânicos, como guitarra, contrabaixo e bateria ao lado dos sons gerados através do uso de recursos digitais e tecnológicos, como sintetizadores, percussão eletrônica e gravadores digitalizados. A minha ideia foi trazer vibrações positivas neste momento tão difícil de pandemia e isolamento”.

A afirmação é do cantor, compositor multi-instrumentista, arranjador e produtor baiano Ennos Emanuel, que acaba de lançar clipe e single da canção Música da Alma, seu mais novo trabalho solo, nas plataformas digitais Spotify, Deezer, iTunes, Tidal e Amazon, além do clipe no YouTube. A letra da canção de Ennos é autoral, mas a música tem parceria com Marley Bass (beatmaker, produtor musical e baixista da banda Afrocidade).

O jovem artista também comemora show presencial de lançamento no próximo dia 9 às 19 horas, no Teatro Sesc-Senac Pelourinho, no Largo do Pelourinho, Centro Histórico, que obedecerá a todas as regras de segurança.

Filho do reggaeman baiano Sine Calmon, Ennos Emanuel começou como autodidata, mas atualmente é graduando em licenciatura em música popular brasileira com especialização em piano pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Santo Amaro da Purificação, distante 80 km de Salvador.

No show homônimo especial, além de sete canções autorais do EP Sobre o Meu Viver, Ennos também apresentará obras de ícones do reggae baiano como Nengo Vieira e Sine Calmon, além de versões de músicas de Lulu Santos, Jorge Ben Jor e Jean Cabelera. O ingresso custa R$ 10 e R$ 5 (meia). Entrada com cartão Sesc custa R$ 8.

Cenários

Sobre o Música da Alma ele depõe: “O clipe foi gravado em quatro cenários distintos. A primeira parte foi gravada no estúdio de gravação da cinegrafista Victoria Nasck, que faz cinema pela UFRB em Cachoeira, onde moro. A gente pegou a cena inicial comigo colocando um fone de ouvido em um contexto introspectivo e escuro, com a intenção de mostrar que a música iria me tirar de um contexto ‘pra baixo’ e me colocar em um contexto ‘pra cima’”, detalha.

“A segunda parte foi gravada em dois barcos no rio Paraguaçu, sendo um retrô, de madeira, e uma lanchinha pra fazer as cenas em movimento. A terceira foi gravada com uma bicicleta retrô em uma estrada de barro próximo ao Casarão da Vitória, que é um antigo casarão de senhor de engenho, hoje um ponto turístico na cidade”, continua o cantor.

“Já a quarta foi gravada na Cachoeira do Saco, que é uma área úmida e de densa vegetação. É onde tem as cenas minhas tocando o violão, sentando em uma pedra e apreciando a cachoeira e a vegetação em geral”, revela Ennos.

“Fizemos questão de gravar diversos trechos do clipe na natureza para poder levar justamente um clima de positividade, dessa alegria que a música traz e do seu poder de transformar um temporal em um dia de sol. A música transforma, a música mexe com a gente, a música nos eleva”, empolga-se o cantor e compositor.

Ícones

O multi-instrumentista vem se firmando em carreira solo interpretando suas obras autorais, que, em geral, são pertencentes aos gêneros reggae, MPB e pop. E já dividiu o palco com vários artistas do reggae nacional, como a banda Ponto de Equilíbrio, com qual fez uma releitura da sua música Paraguaçu, parceria dele e de seu pai, lançada em 2020.

Entre outras feras, Ennos também tocou com a banda Adão Negro, por quem foi convidado para fazer participação em um show no Estádio da Portuguesa, em São Paulo, além de artistas como Diamba, Edson Gomes, Sine Calmon, Nengo Vieira, dentre outros.

De acordo com Ennos Emanuel, todo o trabalho de Música da Alma foi feito de modo virtual via contatos na Bahia, Rio de Janeiro e Dinamarca. A mixagem foi feita pelo representante do Selo Cantores del Mundo, Arthus Fochi, que mora no país escandinavo. O selo é da distribuidora Ingrooves, que é um tentáculo da Universal Music.

Tem mais novidade na vida do garoto de 22 anos. “O single que eu vou lançar, após Música da Alma é Amanheceu Assim, que tem a participação de meu pai com solo de guitarra. Enfim, estou muito empolgado e animado com este show no Teatro Sesc Senac”, finaliza. O artista pode ser visualizado nas redes sociais: Instagram: @ennosemanuel Spotify: Ennos Emanuel YouTube: Ennos Emanuel.

Publicações relacionadas