Ludmilla lamenta derrota em processo após ser chamada de cabelo de bombril: "País racista"

Publicado sábado, 27 de março de 2021 às 17:31 h | Atualizado em 27/03/2021, 18:28 | Autor: Da Redação

A cantora de funk Ludmilla, de 25 anos, foi até às redes sociais, nesta sexta-fera, 26, para lamentar sua derrota em um processo envolvendo a socialite, Val Marchiori.

A ação processual foi iniciada pela funkeira em 2018, após Marchiori associar o cabelo da funkeira a uma esponja de aço, material utilizado para limpeza, durante o desfile da cantora pela Salgueiro, no carnaval de 2016.

 "A fantasia está bonita, a maquiagem… Agora, o cabelo… Hello! Esse cabelo dela está parecendo um bombril, gente", disse Val, que comentava o desfile das escolas de samba pela Rede TV. 

Depois de vencer nas duas primeiras instâncias, onde ficou estabelecido o pagamento de 10 e R$ 30 mil, respectivamente, uma decisão da 14º Câmara Cível deu causo de ganho para a empresária, baseado na liberdade de expressão.

Em um desabafo, no Twiter, a cantora postou uma série de tweets para comentar a situação e lamentar a comemoração feita pela famosa também através da internet. Confira:




Publicações relacionadas