Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > cultura > MÚSICA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
12/07/2023 às 13:13 - há XX semanas | Autor: Da Redação

REPERCUSSÃO

Músicos lamentam saída de Carlos Prazeres da Osba

Após disputa por licitação, maestro Cláudio Cruz vai assumir a orquestra estadual

Repercussão da saída de Prazeres foi imediata
Repercussão da saída de Prazeres foi imediata -

A notícia de que o maestro Carlos Prazeres irá deixar a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) fez artistas e admiradores do músico usarem as redes sociais para lamentar a situação. Associação dos Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA), liderada por Prazeres, perdeu a disputa pelo grupo contra o Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM). Com isso, o maestro Cláudio Cruz vai assumir a orquestra estadual.

A repercussão foi imediata. O violinista da Osba Arthur Lauton disse que a Osba “perde muito” com a saída de Prazeres. “Mais do que isso, perde a música, a cultura, o estado da Bahia”. A mensagem foi repostada pelo próprio maestro.

No twitter, fãs e admiradores também se pronunciaram: “Perde a OSBA, perde o público e perde principalmente a tentativa da música chegar mais acessível a todos os baianos. Uma pena Carlos Prazeres tem pedido essa concorrência”, escreveu um perfil. “Uma grande perda pra cultura Baiana e brasileira. O popular tbm é clássico. Calor Prazeres deixará saudades”, disse outro internauta a comentar a notícia veiculada pelo Portal A TARDE.

Entenda o caso

O Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM) vai passar a gerir a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba). A entidade venceu o edital contra a Associação dos Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA), conforme publicado na edição desta quarta-feira, 12, do Diário Oficial do Estado. Com isso, o IDSM assume os trabalhos até 2025, com um orçamento estimado em cerca de R$ 26 milhões.

Ao Portal A TARDE, a assessoria de imprensa do IDSM disse que Castro não integra a proposta enviada à Secretaria de Cultura (Secult) e que o diretor e maestro será Cláudio Cruz.

Cláudio Cruz é maestro e violinista, filho de João Pereira Cruz, fabricante baiano de violinos nascido em Andaraí, na Chapada Diamantina. Iniciou seus estudos musicais ainda na infância, com seu pai, e posteriormente estudou com grandes nomes como Erich Lehninger, Maria Vischnia, Olivier Toni, Chaim Taub, Josef Gingold, Kenneth Goldsmith, entre outros. Graduou-se em filosofia pela UNIFRAN (Universidade de Franca) e atualmente cursa o Doutorado em Música na UNESP (Universidade Paulista Júlio de Mesquita Filho).

Em contato com a nossa reportagem, a assessoria da Orquestra Sinfônica da Bahia informou que ainda não pode se pronunciar sobre a mudança da gestão, devido aos trâmites legais.

Assuntos relacionados

Carlos Prazeres osba

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Carlos Prazeres osba

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Carlos Prazeres osba

Publicações Relacionadas

A tarde play
Repercussão da saída de Prazeres foi imediata
Play

Vídeo: Família de Xanddy passa perrengue com tubarão em Orlando

Repercussão da saída de Prazeres foi imediata
Play

“Celebração ainda vai acontecer”, promete Ivete após turnê cancelada

Repercussão da saída de Prazeres foi imediata
Play

“É uma satisfação”, diz Keith Dunn sobre o Capão in Blues

Repercussão da saída de Prazeres foi imediata
Play

A caminho de Salvador, Toni Garrido pede que fãs doem água para o RS

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA