Bailarina de Ratinho se demite após piada racista: "constrangimento" | A TARDE
Atarde > Cultura > Televisão

Bailarina de Ratinho se demite após piada racista: "constrangimento"

Decisão foi tomada após o apresentador fazer comentários racistas ao vivo sobre o cabelo dela

Publicado quinta-feira, 18 de abril de 2024 às 13:43 h | Autor: Matheus Calmon
Imagem ilustrativa da imagem Bailarina de Ratinho se demite após piada racista: "constrangimento"
-

A bailarina Cintia Mello, que atuava no Programa do Ratinho, decidiu se demitir após nove anos de trabalho. A decisão foi tomada após o apresentador fazer comentários racistas ao vivo sobre o cabelo dela.

No início de abril, Ratinho questionou se o cabelo black power dela era peruca, pediu que sua assistente puxasse os fios, e ainda sugeriu que ela tivesse piolho.

Cintia contou que, após cobrar uma posição da equipe, foi hostilizada por colegas.

Ela contou que passou duas semanas em silêncio na expectativa de um pedido de desculpas, que não veio.

Em seu comunicado, Cintia contou que foi orientada a se pronunciar apenas quando estivesse firme das próprias convicções.

"Decidi me desligar do Programa do Ratinho. Alguns dias atrás fui tragada por uma situação que eu não escolhi passar, e quero deixar claro aqui que eu tenho muito orgulho em ser uma mulher negra", iniciou.

"Fui pega de surpresa para uma brincadeira inoportuna. E, para mim, contraditória, porque foi feita por uma pessoa que sempre elogiou o meu cabelo natural. Por ter liberdade, afinal, são nove anos de convivência, eu resolvi buscar uma conversa", seguiu a profissional.

Ela contou que teve esperança de uma conversa, nota, posicionamento público, já que o constrangimento foi público, mas nada aconteceu.

"E pior: recebi olhares hostis de algumas pessoas, como se eu tivesse culpa de tudo aquilo que estava acontecendo. Ali eu percebi que ninguém se importava e que não era mais o meu lugar. Tive que distinguir muito bem gratidão de submissão. Sigo de cabeça erguida e consciência limpa, porque tentei fazer o que eu achava ser correto".

Confira o vídeo.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS