adblock ativo

Defesa de acusados de agressão diz que Henri CastellI iniciou briga e estava 'alterado'

Publicado quinta-feira, 14 de janeiro de 2021 às 09:59 h | Atualizado em 14/01/2021, 13:50 | Autor: Da Redação
Henri Castelli usou as redes sociais para mostrar o resultado das agressões, que, segundo ele, foram gratuitas | Foto: Reprodução | Instagram
Henri Castelli usou as redes sociais para mostrar o resultado das agressões, que, segundo ele, foram gratuitas | Foto: Reprodução | Instagram -
adblock ativo

O caso envolvendo a agressão ao ator global Henri Castelli ainda vai rende pano para manga. A defesa dos dois homens que se envolveram na confusão com o artista deu outra versão do caso. De acordo com o advogado Lucas Dória, que representa os empresários Guilherme Aciolly e Bernardo Malta, Castelli teria iniciado a briga após se frustrar com uma festa organizada no Café de la Musique, estabelecimento que Malta é proprietário em Maceió (AL).

As agressões aconteceram na madrugada do dia 30 de dezembro de 2020 e, até então, o ator estava com uma boa relação com os envolvidos. Segundo a defesa, no dia anterior, Henri Castelli tinha ido a uma festa no Gunga, praia na Barra de São Miguel, em uma lancha cedida por Bernardo. No dia seguinte, 30 de dezembro, Castelli iria a um grande evento no Café de La Musique, com apresentação da Banda Eva. Mas o ator não teria gostado do evento e decidiu sair do estabelecimento e ir em direção à Barra de São Miguel, distante 50 km e onde estavam Bernardo, Guilherme e alguns amigos.

De acordo com a versão da defesa, Castelli foi falar com o Bernardo, tirando satisfações porque “a festa estava uma merd*”. Dória afirmou que o empresário foi insultado e que ficou bastante envergonhado no começo da discussão. "Henri Castelli, segundo todas as pessoas que estavam presentes, estava visivelmente alterado. Não sei se era questão de humor ou de álcool, mas ele estava alterado, e no depoimento que ele deu na polícia no dia seguinte, que está no inquérito, ele afirmou que não lembrava de nada", contou.

Ainda segundo o relato da defesa dos empresários, Henri Castelli foi para cima de Guilherme, que retrucou a agressão e atingiu a região da boca do ator. Agora, os acusados devem ser indiciados pelo crime de lesão corporal grave, conforme a Delegacia da Barra de São Miguel. No início desta semana, Henri Castelli usou as redes sociais para mostrar o resultado das agressões, que, segundo ele, foram gratuitas.

adblock ativo

Publicações relacionadas