"Deselegante", diz Galisteu após fala de Xuxa sobre Ayrton Senna | A TARDE
Atarde > cultura > Televisão

"Deselegante", diz Galisteu após fala de Xuxa sobre Ayrton Senna

Episódio mais recente da série documental “Xuxa” continua repercutindo revelações da apresentadora

Publicado segunda-feira, 31 de julho de 2023 às 19:25 h | Autor: Da Redação
Na época o piloto namorava com Adriane Galisteu
Na época o piloto namorava com Adriane Galisteu -

O episódio mais recente da série documental “Xuxa”, produzido pelo Globoplay continua repercutindo nas redes sociais. O capítulo destaca o breve romance entre a loira e o piloto automobilístico, Ayrton Senna, que morreu em um acidente em 1994. O assunto tem divido opiniões porque na época o piloto namorava com Adriane Galisteu.

Xuxa e Ayrton Senna namoraram entre 1988 e 1990, mas continuaram se encontrando por mais dois anos. Já o namoro de Galisteu e o piloto começou em 1993.

Não é a primeira vez que Xuxa toca no assunto. Em 2012, a Rainha dos Baixinhos concedeu uma entrevista ao Fantástico em que deu declarações parecidas. Pouco tempo depois, em entrevista ao programa Chopes Com, transmitido no Youtube, Adriane respondeu.

“Não me magoou, mas achei que ela foi deselegante. Acho que uma mulher que a vida toda se preocupou com exemplos, não deu um bom exemplo. É a mesma coisa de ela começar a namorar e eu ir atrás do namorado dela. Não acho justo com tantos homens por aí”, disse Galisteu.

A atriz e apresentadora ainda esclareceu que não entrou no meio da relação entre Xuxa e Ayrton Senna. 

“Foi ela que terminou com ele, não foi ele. Quando comecei a namorar, eles já estavam separados há mais de dois anos. Não entrei no meio de nada. Achei feio. Uma mulher que se preocupa tanto com a imagem, de repente sai para falar umas coisas dessas. Não me comovi em nada e achei mega deselegante”, continuou.

“Sempre respeitei muito as relação das pessoas. Ela tem uma filha, será que ela fala: ‘corra atrás da pessoa, mesmo que ele esteja casada ou namorando?’ Não é um belo exemplo. A gente tem que entender e saber respeitar os nossos limites. Entender que às vezes a gente faz escolhas erradas na vida”.

Publicações relacionadas