Polícia indicia português que invadiu casa de Paolla Oliveira

Caso aconteceu em fevereiro deste ano; Atriz solicitou medidas protetivas contra o homem

Publicado quinta-feira, 17 de março de 2022 às 09:58 h | Atualizado em 17/03/2022, 10:41 | Autor: Da Redação
Paolla Oliveira e Diogo Nogueira
Paolla Oliveira e Diogo Nogueira -

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou o português Luís Mário Monteiro Piçarra pelo crime de perseguição - stalking contra a atriz Paolla Oliveira e seu namorado, o cantor Diogo Nogueira.

Em fevereiro, o casal procurou uma delegacia para denunciar que o rapaz teria entrado no condomínio onde a artista mora para, supostamente, ter devolvido um celular seu que estaria com ela. Porém, ao chegar no local, ele demonstrou alteração, falou frases desconexas, chegando a gritar palavras ofensivas, xingar o sambista e até mesmo a ameaçá-los de matar com uma arma.

O inquérito narra que Paolla contou que já vinha sendo perseguida por Luís Mário há cerca de três meses por mensagens em sua conta no Instagram, onde chegava a marcar páginas de órgãos oficiais, como as polícias Civil e Federal. A atriz contou em depoimento que, em agosto do ano passado, ele chegou a se declarar amorosamente pela página e a dizer que viria ao Brasil para encontrá-la.

Paolla informou que deseja representar contra Luís Mário por se sentir ameaçada pelas mensagens que vinha recebendo, por entender estar sendo vítima de violência psicológica por parte dele pelo fato de ser mulher e pessoa pública e por classificar que ele estava abusando de seu direito de livre manifestação. Ela solicitou medidas protetivas de afastamento e proibição de qualquer forma de contato com o homem.

Por sua vez, Diogo disse na casa da namorada, no dia 5 de fevereiro, quando foram informados por uma funcionária que alguém no interfone dizia que um rapaz português teria vindo buscar um celular. Após Paolla perguntar as características do homem, informou ser o mesmo que a havia ameaçado por meio do Instagram e não permitiu a entrada, mas ele permaneceu nas redondezas. Nesse momento, o cantor encontrou Luís Mário, que passou a ofendê-lo. O sambista disse que o homem foi em sua direção e gritou: “filho da puta que está estragando a minha vida” e “imbecil”. Se sentindo ameaçado, Diogo desferiu um soco contra Luís Mário, quando os seguranças do condomínio intervieram e acionaram a polícia.

Publicações relacionadas