Itaparica Film Commission movimenta a cena audiovisual baiana

Projeto em parceria com a Cine Arts, vai promover oficinas gratuitas para 350 jovens de Itaparica e região

Publicado terça-feira, 12 de julho de 2022 às 16:16 h | Atualizado em 12/07/2022, 16:15 | Autor: Lais Rocha
Coletiva de imprensa do projeto Itaparica Film Commission
Coletiva de imprensa do projeto Itaparica Film Commission -

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 12, a coletiva de imprensa do projeto  Itaparica Film Commission, na Sala de Arte (CineMAM), no Museu de Arte Moderna, em Salvador. Dentre as autoridades presentes, estavam o prefeito de Itaparica, José Elias, a diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Renata Dias, e a coordenadora de produção do projeto Cine Arts, Aline Cléa.

A prefeitura de Itaparica, em parceria com a Cine Arts, está à frente da iniciativa de criar um polo cinematográfico no município, que visa transformar a ilha em uma potência do cinema. O projeto contará com a realização de oficinas gratuitas profissionalizantes nas áreas de Roteiro; Realização Audiovisual; Produção Audiovisual; Direção de Arte; Direção de Fotografia; Captação de Som; Acessibilidade Audiovisual; Produção de Impacto e Redes; Interpretação para TV e Cinema, além de Animação 2D e 3D.

"Serão disponibilizadas 350 vagas, não só para os moradores de Itaparica, mas também para Vera Cruz e Salinas das Margaridas, com a possibilidade de alcançar municípios adjacentes", disse Aline Cléa, produtora do projeto. 

Para o prefeito de Itaparica, José Elias, pensar o destino como polo de Cinema é importante sob o aspecto do turismo e do desenvolvimento sócio-econômico. "Com a criação da Itaparica Film Commission, a cidade será referência como um lugar de destaque para gravações e outras realizações. A principal beneficiada com a criação dessa parceria é a população", disse Oliveira. 

A diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Renata Dias, chamou atenção para a importância de pensar a cultura e sua dimensão cidadã, a partir da compreensão de que cultura e cidadania. 

"Relativamente, a sociedade consegue compreender a cultura como elemento de significado cultural, as artes, os filmes, as materializações das expressões artísticas, porém a relação com a esfera econômica ainda é um desafio para a gente na gestão", expressou Renata.

Além do foco na formação de jovens, de novos postos de trabalho e renda nos municípios envolvidos, o prefeito José Elias destaca a importância de resgatar a cultura, por meio da valorização de nomes como João Ubaldo Ribeiro e  Catharina Paraguaçu. 

 "A ideia é que o público possa estar preparado para atender demandas de produções próprias, como, também, possa absorver as vindas de fora da cidade. E foi importante pois o município de Itaparica entendeu a nossa proposta e logo criou a Itaparica Film Commission, em parceria com a Cine Arts", finaliza Aline Cléa.

Publicações relacionadas