NAU vence categoria de melhor espetáculo adulto

Cerimônia no Teatro Castro Alves (TCA) homenageou o romancista Dias Gomes

Publicado quarta-feira, 18 de maio de 2022 às 21:30 h | Atualizado em 18/05/2022, 23:37 | Autor: Eugênio Afonso
NAU foi eleito como melhor espetáculo adulto
NAU foi eleito como melhor espetáculo adulto -

Mesmo com espetáculos exibidos apenas virtualmente em 2021, o Braskem de Teatro manteve sua premiação. Com direção de Gil Vicente Tavares, o Teatro Castro Alves apresentou, na noite desta quarta-feira, 18, a cerimônia de entrega da 28ª edição do Prêmio.

O evento ocorreu de forma presencial no palco principal do TCA, premiou os melhores da cena local em 2021 e prestou uma homenagem ao centenário de nascimento do dramaturgo baiano Dias Gomes (1922-1999), justamente no dia do aniversário de sua morte - 18 de maio.

Músicas compostas por artistas da nata da MPB, como Chico Buarque, Toquinho, Vinícius de Moraes, Edu Lobo e Moraes Moreira, para peças e aberturas de novelas de Dias Gomes, formaram a trilha sonora da noite e pontuaram toda a premiação.

Para movimentar a cena no palco, Gil Vicente optou por encenar trechos de algumas peças teatrais de Dias Gomes (O Santo Inquérito, O Pagador de Promessas) com a participação dos atores Marcelo Praddo, Denise Correia, Diogo Lopes Filho, Evelin Buchegger, Daniel Farias e Ana Barroso. A apresentação da festa ficou a cargo da atriz Valdineia Soriano e a direção musical foi de Luciano Salvador Bahia.

Com mais da metade do teatro lotado, a festa começou com um discurso de Dias Gomes narrado em off pelo ator Lima Duarte. Na plateia, a presença da viúva de Dias, a atriz Bernadeth Lyzio com a neta Renata, além de inúmeros artistas locais. Gritos e aplausos ecoavam pela sala a cada vencedor anunciado.

No final da noite, os prêmios ficaram distribuídos assim: melhor espetáculo adulto para NAU; melhor espetáculo infantojuvenil Barcarola Encantada; melhor performance De como me tornei Invisível para Caber no meu Espírito; categoria especial Eliete Teles e Rubenval Meneses pela construção dos bonecos em Metamorfose; melhor texto Caio Rodrigo, Daniel Farias e Ian Fraser por Ensaio para uma Redenção; melhor atriz Evana Jeyssan pela atuação em Gota D'água; melhor ator Vagner Jesus pela atuação de Manual Como Conter uma Raça Poderosa; Revelação Ninha Almeida, pela atuação em O Salto e Direção Luiz Antônio Sena Jr pela peça Para-iso.

A noite também foi marcada pela irreverência dos discursos incisivos e de forte cunho político, comportamental, antimanicomial e social. Cada vencedor levou para casa um valor específico em dinheiro – R$ 30 mil para os espetáculos ganhadores e R$ 5 mil para cada um dos outros premiados.

Realizada pela Caderno 2 Produções Artísticas, com patrocínio da Braskem e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, a premiação teve esse ano, na comissão julgadora, o dramaturgo, roteirista, ator e apresentador Aldri Anunciação; a pós-doutora em artes cênicas e professora da Escola de Teatro da Ufba Alexandra Dumas; o ator, autor, diretor, professor e produtor Fabio Vidal; o artista, pesquisador e curador Felipe Assis e a produtora e gestora cultural Virginia Da Rin.

Foram analisados 80 espetáculos adultos, 22 infantojuvenis e 25 performances, todos inéditos e produzidos por grupos baianos entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021 com exibição online em função da pandemia do novo coronavírus. 

Publicações relacionadas