99Pay completa 2 anos com projeto de educação financeira e novidades

Curso será ofertado de forma totalmente gratuita e com foco nas pessoas que vivem em regiões periféricas

Publicado quarta-feira, 20 de julho de 2022 às 20:39 h | Atualizado em 20/07/2022, 20:42 | Autor: Alex Torres
Atualmente, a carteira digital da 99 já conta com 7 milhões de usuários ativos e segue em crescimento
Atualmente, a carteira digital da 99 já conta com 7 milhões de usuários ativos e segue em crescimento -

Primeira carteira digital de um aplicativo de mobilidade no Brasil, a 99Pay completou dois anos de experiência no mercado. Em evento realizado na cidade de São Paulo, a empresa de transporte falou sobre as principais realizações ocorridas neste período, os planejamentos para o futuro e os projetos que serão colocados em prática a curto prazo. 

Com um olhar mais voltado às classes C e D, a 99 levantou a bandera da educação financeira. Em parceria com a Barkus, empresa carioca direcionada à democratização do acesso a este segmento, a empresa anunciou um curso totalmente gratuito e com foco nas pessoas que vivem em regiões periféricas. 

“As dificuldades em lidar com as finanças para fazer o salário valer um pouco mais e caber no orçamento estão entre as principais preocupações do brasileiro. Para a Barkus, essa parceria com a 99, que toca mais de 20 milhões de usuários todos os meses, é de extrema importância para a nossa missão de levar educação financeira e transformar a forma como as pessoas lidam com o dinheiro”, afirmou Bia Santos, CEO da Barkus. 

Números levantados pela 99 mostram que, entre o público-alvo da empresa que estão mais perto da classe D, em torno de 46% declararam que não realizam nenhum controle do seu dinheiro. Dentro deste cenário mais aflito, mais de 75% afirmaram possuir dívidas que são incapazes de conseguir pagar. Já entre aqueles que estariam mais próximos da classe B, cerca de 72% afirmam ter controle sobre suas finanças. 

De acordo com Anselmo Baccarini, Head de comunicação da 99Pay, o projeto a respeito dos cursos de educação financeira visa trabalhar a proposta de forma "simples e descomplicada" para aqueles que desejam ter um melhor controle financeiro e que estão entre os públicos mais prejudicados pela pandemia. 

“A parceria com a Barkus e a oferta gratuita para 100 mil bolsas está conectada com o compromisso da 99Pay de trabalhar, de forma simples e descomplicada, pela democratização de serviços financeiros digitais, especialmente para as classes C e D que foram bastante impactadas economicamente pela crise que ainda vivemos”, completou Baccarini. 

Atualmente, cerca de apenas 9% daqueles que estão inclusos na classe C relataram que conseguem pensar em investimentos com foco no futuro e apenas 2% declararam pensar em aposentadoria. Outro dado alarmante é que 60% deste público teve um retrocesso de renda nos últimos três anos e mais em torno de 55% das famílias vivem com uma média equivalente a R$ 3 mil por mês. 

No curso oferecido pela 99Pay, serão 100 mil bolsas com aulas através do WhatsApp. Guiados pela Iara, a inteligência artificial da Barkus, o conteúdo trará exemplos do cotidiano e assuntos que permitem lidar com a vida financeira. O projeto tem previsão para início a partir de setembro deste ano. 

Criptomoedas

Outra novidade anunciada foi o lançamento de criptomoedas dentro do aplicativo da 99. Com isso, a carteira digital do aplicativo de transporte permitirá a compra e venda dos ativos, não se limitando apenas ao Bitcoin, mas também outras quatro opções: Ethereum, USDC, Solana e Mana.

Head de criptoativos da 99Pay, Cesar Trevisan destacou o desejo em atrair novos usuários para o respectivo mercado financeiro. Em busca desta meta, a empresa facilitou as transações das moedas por meio do aplicativo e, com isso, o valor inicial passou a ser de apenas R$ 1, que passa a valer em breve e sem cobrança de taxas.

"Queremos garantir acesso a quem já ouviu falar de criptomoedas mas acha que trata-se de um investimento complicado ou que requer grandes quantias em dinheiro. A 99Pay oferece a possibilidade de compra com um dos valores mínimos mais baixos do mercado, além de disponibilizar indicadores completos sobre sua rentabilidade ao longo do tempo de forma intuitiva", explicou.

Em uma aba exclusiva, o aplicativo possibilita conferir a cotação em tempo real, bem como um histórico de desempenho. No entanto, Trevisan alerta ainda que, "para aqueles que estão começando, uma boa prática é não comprometer mais do que 5% ou 10% da quantia que tem reservada para investimentos".

Entretenimento digital

Por fim, a celebração de aniversário da 99Pay também veio acompanhada de 'vale-presentes'. Agora, os usuários poderão adquirir Gift Cards da Xbox Live, PlayStation Store, League of Legends, Google Play, Steam, Spotify e Claro Fixo. A implementação da novidade será em fases e começa a partir de agosto. 

Dessa forma, a principal expectativa da empresa se volta a atrair ainda mais usuários, tanto os jovens, principalmente da faixa etária entre 18 e 25 anos, quanto o público mais velho, que além de comprar para si mesmo pode também presentear outros.

Com base em levantamento realizado pela Consumoteca, entre os sites e aplicativos mais acessados pela classe C, em torno de 44% são direcionados aos jogos, 51% a aplicativos de músicas e 56% a serviços de streaming, números que tornam o celular a principal ferramenta de lazer.

“A 99Pay nasceu com o intuito de promover a inclusão das classes C e D aos meios de pagamento digitais [...] Com os vales-presente, esse público passa a ter acesso aos streamings e plataformas de entretenimento on-line com a mesma facilidade que já utiliza os outros serviços da nossa carteira”, encerrou Maria Carolina Koch, Head de Marketplace.

Publicações relacionadas