Baixa na Bolsa brasileira: coronavírus ameaça investimentos

Publicado quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020 às 17:11 h | Atualizado em 26/02/2020, 17:15 | Autor: Da Redação

A Bolsa brasileira reabriu nesta quarta-feira, 26, após dois dias fechada por causa do feriado de Carnaval, e registrou baixa de mais de 4% nos primeiros minutos de negociações. A queda foi puxada pelos ativos mais importantes, como Petrobras, Vale e bancos, que registraram fortes perdas.

Enquanto a Bolsa estava fechada, o movimento reverberou nos mercados internacionais. A tensão é com a escalada do surto de coronavírus fora da China, especialmente com o aumento no número de casos registrados na Itália.

Em entrevista ao site InfoMoney, Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP Investimentos, falou sobre o que é preciso fazer em períodos de tensão nos mercados. Segundo ele, o investidor deve ter cautela, não sair comprando ou vendendo ações sem pensar.

“O mercado ainda não tem dimensão sobre quanto o surto [de coronavírus] deve afetar a economia. As empresas já estão afirmando que seus lucros devem ser impactados, mas só saberemos com clareza mais para frente”, disse.

Publicações relacionadas