adblock ativo

Banco Central eleva previsão de saldo negativo nas transações com o exterior

Publicado segunda-feira, 24 de março de 2008 às 13:19 h | Atualizado em 24/03/2008, 13:19 | Autor: Agência Brasil
adblock ativo

Brasília - O Banco Central (BC) revisou a projeção para o déficit de todas as transações do Brasil com o exterior (transações correntes) neste ano de US$ 3,5 bilhões para US$ 12 bilhões. A informação consta na nota do Setor Externo, divulgada nesta segunda-feira (24) pelo BC.

Em fevereiro, o saldo das transações correntes, que englobam a balança comercial, serviços e rendas e transferências unilaterais, ficou negativo em US$ 2,090 bilhões. No mês anterior, o saldo negativo foi de US$ 4,232 bilhões, o que levou a um déficit acumulado de US$ 6,322 bilhões. No mesmo período do ano passado, o resultado foi positivo em US$ 7 milhões.

A balança comercial ficou positiva em US$ 882 milhões em fevereiro. A conta de rendas e serviços (remessas de lucros, dividendos e juros aos exterior e gastos com viagens internacionais) fechou o mês com déficit de US$ 3,293 bilhões. As transferências unilaterais correntes ficaram positivas em US$ 321 milhões.

O Banco Central mudou a projeção para o saldo da balança comercial em 2008: de US$ 30 bilhões para US$ 27 bilhões. A projeção para as vendas externas passou de US$ 172 bilhões para US$ 182 bilhões, e a das importações, de US$ 142 bilhões para US$ 155 bilhões.

Para a conta de rendas e serviços a projeção de déficit subiu de US$ 37,7 bilhões para US$ 42,8 bilhões, e para as transferências unilaterais, de US$ 3,8 bilhões para US$ 4,2 bilhões.

Os investimentos estrangeiros diretos (aqueles que se destinam aos setores produtivos da economia) ficaram em US$ 890 milhões no mês, contra o resultado de US$ 70 milhões do mesmo período do ano passado. Para o ano, a previsão para este ano foi revisada de US$ 28 bilhões para US$ 32 bilhões.

adblock ativo

Publicações relacionadas