adblock ativo

EUA investigam práticas do J.P.Morgan em Hong Kong

Publicado domingo, 18 de agosto de 2013 às 10:16 h | Atualizado em 19/11/2021, 05:26 | Autor: Luciana Antonello Xavier | Agência Estado
adblock ativo

Uma investigação está sendo conduzida por autoridades americanas para investigar práticas do J.P.Morgan em Hong Kong em um tema que afeta muitos bancos de investimentos: a contratação de filhos de oficiais chineses ou "relações de negócios com certos clientes", de acordo com documentos encaminhados à Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM americana).

De acordo com o jornal The New York Times, a SEC está especificamente apurando a contratação de filhos de oficiais chineses e como essas contratações podem ter beneficiado o banco de investimentos a ganhar transações e novos negócios.

Por exemplo, o banco contratou o filho do agora presidente do grupo Everbright e a filha de uma autoridade chinesa da companhia de estrada de ferro. O J.P. Morgan conseguiu ganhar vários contratos com o conglomerado Everbright e ajudou a gerenciar mais de US$ 5 bilhões da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações da estatal China Railway Group.

A porta voz do banco em Hong Kong, Marie Cheung, disse neste domingo que o J.P.Morgan irá cooperar integralmente com as autoridades, se referindo às investigações. Por enquanto, nem o J.P Morgan nem as pessoas contratadas estão sendo acusadas de fazer algo errado, de acordo com os documentos. Fonte: Dow Jones Newswires.

adblock ativo

Publicações relacionadas