Inflação fecha 2021 em 10,06%, maior alta desde 2015

Projeção inicial dos analistas era estimada em 9,96%

Publicado terça-feira, 11 de janeiro de 2022 às 10:16 h | Atualizado em 11/01/2022, 10:23 | Autor: Da Redação

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta terça-feira, 11, apontam que de janeiro a dezembro de 2021, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou variação de 10,06%. A projeção inicial de analistas para o acumulado de 2021 era de 9,96%, segundo a agência Bloomberg.

O índice foi consideravelmente maior do que a meta do Banco Central para 2021, que era de 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, com possibilidade de alcançar no máximo 5,25% sem estourar a meta.

Este foi o maior acumulado em um ano desde 2015, quando o ano foi fechado com índice de 10,67%. 

Publicações relacionadas