adblock ativo

Novo complexo logístico será o terceiro maior do País

Publicado segunda-feira, 19 de novembro de 2012 às 23:10 h | Atualizado em 19/11/2012, 23:11 | Autor: Donaldson Gomes
adblock ativo

O Porto Sul deve movimentar mais de 100 milhões de toneladas de produtos, como minério de ferro, insumos para a construção civil, cereais, fertilizantes e outros granéis por ano, a partir de 2015. Este volume fará do complexo logístico que será implantado na região sul do Estado o terceiro maior porto do Brasil, atrás dos terminais de Tubarão (ES) e Ponta da Madeira (MA) e à frente do Porto de Santos.

Junto com a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), o empreendimento faz parte do maior projeto logístico da Bahia nos últimos 50 anos, que deve receber um investimento total de R$ 10 bilhões, de acordo com o governo da Bahia.

De acordo com o governo do Estado, o terminal de uso privativo da Bahia Mineração (Bamin), primeira parte do empreendimento a ficar pronta, deve movimentar 25 milhões de toneladas por ano, enquanto o porto público será responsável pela movimentação de 75 milhões de toneladas.

"Houve um esforço muito grande para mitigar possíveis impactos ambientais", destacou o coordenador de assuntos de infraestrutura da Casa Civil, Eracir Lafuente, um dos responsáveis técnicos pelo projeto.

Entre as medidas, o Estado reduziu a área de implantação do empreendimento de 4,8 mil hectares para 1,6 mil hectares, além de ter diminuído o tamanho do quebra-mar de 2,4 mil metros para 1,4 mil metros. "Foi feito o possível para que haja a menor interferência na estrutura física e biótica da região", garante Lafuente.

adblock ativo

Publicações relacionadas