Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > ECONOMIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
07/04/2024 às 10:00 - há XX semanas | Autor: Inara Almeida*

Odontologia: os negócios por trás de consultórios

Trabalhos como o do protético, laboratórios e de empresas de ortodontia são cruciais para clínicas

Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência
Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência -

Quando você senta na cadeira do dentista para fazer uma extração, limpeza ou harmonização facial, talvez não se dê conta, mas muitos profissionais atuaram antes para que os procedimentos aconteçam de forma segura e eficiente. Por trás dos consultórios, trabalhos como o do protético, laboratórios e de empresas de ortodontia são cruciais para o funcionamento das clínicas.

Até mesmo dentro das salas de atendimento, a presença de técnicos qualificados como os TSBs (técnicos de saúde bucal) são fundamentais para auxiliar a atuação dos dentistas por meio da manipulação de materiais, por exemplo. Outros profissionais da área de saúde, como enfermeiros e fisioterapeutas, também são requisitados.

De acordo com o dentista Danilo Ferraz, por ser uma área muito técnica, a odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência. Segundo Danilo, portanto, os dentistas são a “base da cadeia”.

“Existe todo um suporte atrás de outros profissionais e de equipamentos que auxiliam bastante no resultado final. Dentre eles, temos a parte protética. Toda vez que a gente faz uma prótese, a gente tem o apoio dos laboratórios. São os técnicos onde eles acabam resolvendo, confeccionando essas peças, porque você precisa ter uma estrutura diferente, para você trabalhar com uma porcelana você precisa ter um forno, ter uma fresadora, então, existe esse pilar”, pontua Ferraz.

Outro ponto de vista muito importante, na avaliação do dentista, são os profissionais e empresas de ortodontia que atuam no desenvolvimento de tecnologias para melhorar os resultados. Além disso, técnicos que dão diagnósticos, como em clínicas radiológicas, também são cruciais.

"A gente utiliza muito a tecnologia da tomografia, da mensuração de diagnóstico, então, a gente precisa muito dos radiologistas, dos técnicos, das clínicas de radiologia de imagem. Com essas imagens de alta resolução, conseguimos ter um diagnóstico mais preciso, assertivo na hora da cirurgia, da extração", esclarece Danilo

Rodrigo Dantas é protético e atesta: não existe um bom dentista sem um bom protético. Recém inserido na área, Rodrigo confessa que não conhecia a área, até ser apresentado por um amigo dentista. A profissão, segundo ele, é executar o planejamento que é feito para a boca.

Além da aptidão artística, que facilita o trabalho do protético - como no caso de Rodrigo - é necessário conhecimento laboratorial e clínico. “É um trabalho de extrema importância, que emprega muita gente nos laboratórios e precisa, acima de tudo, de muito diálogo com o dentista. Se não forem passadas todas as informações necessárias, não terá um resultado eficiente”, explica o protético.

Atividades secundárias

Além de todas as especialidades odontológicas e de harmonização facial, na clínica de Heliana Santiago existem as atividades secundárias, que envolvem profissionais como fisioterapeutas, enfermeiros e nutricionistas.

Otimizar o tempo e atender a outras necessidades de saúde dos clientes foram os objetivos que motivaram a dentista a implantar outras atividades na clínica. Heliana pontua, porém, que não basta querer: é preciso liberação para inserir profissionais de outras áreas.

“Por muitas vezes, o paciente que está se tratando, que já tem uma relação com o dentista, acaba trazendo outras demandas de saúde. Coloquei profissionais da minha confiança e que eu posso indicar. Com esse acompanhamento mais de perto, o paciente também se sente mais cuidado", diz Santiago.

Sulamita Costa é fisioterapeuta e atende na clínica integrada de Heliana desde a inauguração, em 2020, e atua na parte de reabilitação para dor, microfisioterapia e dermato funcional.

Apesar de não parecer, os procedimentos se relacionam com a odontologia. "A reabilitação se relaciona diretamente com a odontologia porque proporciona melhora significativa de dor a curto prazo e também atuando no pós de procedimentos faciais, para evitar complicações", pontua a fisioterapeuta.

*Sob supervisão da editora Cassandra Barteló

Assuntos relacionados

dentista Extração Harmonização Facial laboratório limpeza protético

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

dentista Extração Harmonização Facial laboratório limpeza protético

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

dentista Extração Harmonização Facial laboratório limpeza protético

Publicações Relacionadas

A tarde play
Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência
Play

Chefe Dani Façanha mostra como fazer siri de forma sofisticada

Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência
Play

Shopping abre às 6h e recebe grande movimento em Salvador; veja

Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência
Play

Feira Baiana de Agricultura Familiar terá produtos de diversas regiões

Odontologia sempre dependeu de materiais e equipamentos para oferecer um atendimento de excelência
Play

Sites ajudam consumidores a economizar na hora da compra; veja vídeo

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA