Petrobras nega definição sobre preço dos combustíveis

Em nota, estatal afirma que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado

Publicado segunda-feira, 06 de dezembro de 2021 às 14:44 h | Atualizado em 09/12/2021, 09:50 | Autor: Da Redação

A Petrobras declarou nesta segunda-feira, 6, que não há definição sobre reajustes nos preços dos combustíveis. Em nota, a estatal afirmou ainda que não antecipa mudança nos preços dos combustíveis e que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP).

O posicionamento da empresa acontece um dia após o presidente Jair Bolsonaro anunciar que a petroleira iria iniciar um processo de redução no valor dos combustíveis.
 

No domingo , 5, em entrevista ao portal Poder 360, Bolsonaro afirmou que, com a queda da cotação do petróleo, a estatal começaria a reduzir o valor nas refinarias semanalmente.

De acordo com a estatal, as alterações nos preços dos produtos “são realizadas no curso normal de seus negócios e seguem as suas políticas comerciais vigentes”..

Depois de dizer que não comentaria as declarações de Bolsonaro, a estatal afirmou que tem um compromisso com “a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”.

Por ser listada em bolsa, mudanças nos preços precisam ser informados em fato relevante registrado na Comissão de Valores Imobiliários. Mesmo com a fala do presidente, nada foi divulgado.

Publicações relacionadas