adblock ativo

Poupança tem primeiro resultado negativo em cinco anos

Em 2021, os saques superaram os depósitos em R$ 35,49 bilhões na modalidade

Publicado quinta-feira, 06 de janeiro de 2022 às 19:28 h | Atualizado em 06/01/2022, 19:28 | Autor: Da Redação
O resultado negativo de 2021 veio após recorde de captação no ano anterior
O resultado negativo de 2021 veio após recorde de captação no ano anterior -
adblock ativo

A caderneta de poupança teve em 2021 o primeiro resultado anual negativo desde 2016, com os saques superando os depósitos em R$ 35,49 bilhões, divulgou nesta quinta-feira, 6, o Banco Central (BC). Em 2016, a modalidade registrou retirada líquida de R$ 40,7 bilhões. ​

Em dezembro, a poupança chegou a ter entrada líquida de R$ 7,66 bilhões, resultado de R$ 325,8 bilhões em ingressos e R$ 318,2 bilhões em retiradas. Entretanto, a caderneta costuma ter resultado positivo no período por causa do pagamento do 13º salário.

O resultado negativo de 2021 veio após recorde de captação no ano anterior, com entrada líquida de R$ 166,3 bilhões. Em 2020, os brasileiros conseguiram poupar em meio ao pagamento do auxílio emergencial e à queda do consumo causada pelo isolamento social.

No ápice da crise, em abril de 2020, a captação da poupança bateu recorde, com R$ 30,4 bilhões. O número foi superado em maio daquele mesmo ano, com R$ 37,2 bilhões, o maior da série histórica até agora.​

Com a redução do benefício em 2021, a poupança teve resultados positivos em somente cinco meses: entre abril e julho e em dezembro.

Mesmo com o resultado negativo de 2021, o saldo (todo o montante investido na modalidade), continuou superior a R$ 1 trilhão no mês. O estoque alcançou a marca pela primeira vez na história em setembro do ano passado.

Atualmente, a poupança rende 0,50% ao mês, mais a TR (taxa referencial), fixada em 0,114% na quarta, 5, último dado divulgado pelo BC. O indicador tem flutuação diária.

adblock ativo

Publicações relacionadas