adblock ativo

Ramaphosa: Banco dos Brics deve beneficiar países em desenvolvimento

Publicado quinta-feira, 14 de novembro de 2019 às 13:13 h | Atualizado em 19/11/2021, 10:20 | Autor: Camila Turtelli, Lorenna Rodrigues, Felipe Frazão e Mateus Vargas | Estadão Conteúdo
adblock ativo

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, disse nesta quinta-feira, 14, que o compromisso do Banco do Brics deve ser beneficiar países em desenvolvimento, inclusive aqueles que não compõem o grupo. "Estamos prontos para apoiar banco. Sobretudo sobre iniciativa de fazer contato com vários países da África", declarou Ramaphosa durante evento de diálogo dos líderes com o Conselho Empresarial do Brics e o Novo Banco de Desenvolvimento.

Sugestões

O presidente da Seção Brasileira do Conselho Empresarial do Brics, Jackson Schneider, apresentou principais sugestões de relatório do conselho, entre elas a adoção de currículos comuns na educação técnica e profissional para os países que compõem o grupo. Schneider afirmou que há consenso sobre a necessidade de avançar na melhoria do ambiente de negócios. Ele também sugeriu a adoção de certificados fitossanitários eletrônicos para tornar exportações mais eficientes.

Para o conselheiro, outra prioridade é estabelecer acordo de reconhecimento mútuo de operadores econômicos autorizados (OEA).

adblock ativo

Publicações relacionadas