Austria vence Ucrânia e pega Itália nas oitavas de final da Eurocopa

Publicado segunda-feira, 21 de junho de 2021 às 16:57 h | Atualizado em 21/06/2021, 17:06 | Autor: AFP

A Áustria venceu a Ucrânia por 1 a 0 nesta segunda-feira, 21, em Bucareste, na Romênia, e se classificou para as oitavas de final da Eurocopa, onde enfrentará a Itália no sábado, em Londres.

A Ucrânia, que havia vencido a Macedônia do Norte e sofrido uma derrota diante da Holanda nas primeiras duas rodadas, assim como a Áustria, ainda pode avançar se terminar entre os quatro terceiros melhores. O único gol da partida foi marcado aos 21 minutos de jogo por Christoph Baumgartner, que depois foi substituído por ter sido atingido na cabeça.

Sólida e dinâmica, a Áustria foi muito superior à Ucrânia no primeiro tempo e poderia até ter ido para o intervalo com uma vantagem maior se o atacante Marko Arnautovic tivesse sido mais preciso nas finalizações.

Em um contra-ataque o atacante recebeu na altura da marca de pênalti e não conseguiu acertar um bom chute (42) e em seguida, após um passe de Alessandro Schopf, que havia avançado pela lateral direita, ele novamente errou no que parecia uma chance imperdível (47+2).

Arnautovic apagado

De volta depois de cumprir um jogo de suspensão por insultar um jogador da Macedônia do Norte, Arnautovic ainda parecia inseguro com a polêmica que provocou.

Christoph Baumgartner havia se mostrado contundente ao finalizar com a sola um escanteio cobrado com força e bem colocado pelo onipresente capitão austríaco David Alaba, que jogou como lateral-esquerdo ofensivo nesta segunda-feira em vez de atuar como zagueiro-central, como nos dois primeiros jogos.

Baumgartner meio-campista de 21 anos do Hoffenheim, teve que deixar o campo doze minutos depois, após um choque em um escanteio. Schopf o substituiu.

A Ucrânia, sedutora nos dois primeiros jogos, se mostrou mais imprecisa, com apenas três chances que levaram algum perigo ao gol adversário em toda a partida.

No segundo tempo, ele tentou dar um passo em frente. Ele circulou a área austríaca, embora sem quebrar a defesa ordenada liderada por Alaba.

Sua melhor chance foi um chute cruzado da direita de Roman Yaremchuk que não acertou o gol (87).

Apesar da derrota, os jogadores comandados pela lenda Andriy Shevshenko se aproximaram das arquibancadas para agradecer o apoio dos torcedores.

A Ucrânia precisa agora aguardar a definição de todos os grupo para ver se poderá se classificar como um dos quatro melhores terceiros colocados.

Publicações relacionadas