Avião da seleção alemã tem pane no ar e faz pouso de emergência na Escócia

Publicado quinta-feira, 09 de setembro de 2021 às 13:52 h | Atualizado em 09/09/2021, 13:54 | Autor: AFP

O avião no qual a seleção alemã de futebol retornava após jogar na Islândia teve que pousar inesperadamente em Edimburgo devido a um "problema no gerador elétrico", informou nesta quinta-feira, 9, a companhia aérea que administrou o voo.

Jogadores e equipe técnica finalmente chegaram a Frankfurt em outra aeronave nesta quinta às 10h30 (de Brasília), 14 horas após o início da viagem.

O primeiro avião, que voaria diretamente entre Reykjavik e Frankfurt, era administrado pela companhia charter lituana KlasJet.

"De acordo com o protocolo de segurança da Boeing e da empresa, a tripulação decidiu ir para o aeroporto mais próximo", disse um porta-voz da KlasJet à agência esportiva alemã SID (subsidiária da AFP), "para garantir que os passageiros não fossem expostos a risco mais elevado".

De acordo com um primeiro inquérito interno preliminar, esta decisão foi considerada "justificada e conforme com o regulamento". O pouso foi realizado sem contratempos.

"Não foi nada espetacular e não foi uma aterrissagem de emergência", disse o co-presidente em exercício da Federação Alemã de Futebol (DFB), Rainer Koch.

"Não ouvimos falar de nenhum problema técnico. Podíamos ter ficado com medo, mas eles só nos disseram um pouco antes do pouso que íamos fazer uma parada para uma operação de manutenção. De repente, fiquei surpreso ao ver as casas tão próximas", afirmou.

A Alemanha jogou e venceu por 4 a 0 contra a Islândia na quarta-feira, em uma partida de qualificação para a Copa do Mundo do Catar-2022.

O capitão da seleção Manuel Neuer, Serge Gnabry e Joshua Kimmich, os três do Bayern de Munique, não estavam no avião porque planejaram pegar um avião direto para Munique nesta quinta.

Publicações relacionadas