Bahia goleia Jequié e garante vaga na final do Baianão; veja gols | A TARDE
Atarde > Esportes

Bahia goleia Jequié e garante vaga na final do Baianão; veja gols

Esquadrão dominou a partida com três gol do colombiano Oscar Estupiñan, que foi eleito o craque do confronto

Publicado sábado, 16 de março de 2024 às 18:12 h | Atualizado em 16/03/2024, 18:58 | Autor: Beatriz Amorim
Oscar Estupiñan comemorando gol
Oscar Estupiñan comemorando gol -

Para felicidade da nação tricolor, o Bahia garantiu a primeira vaga da final do Campeonato Baiano de 2024. Após derrotar o Jequié por 4x1, o Bahia enfrentará Vitória ou Barcelona de Ilhéus na decisão, que se enfrentam neste domingo, 17. Os gols da partida foram marcados pelo centroavante Oscar Estupiñan (3x) e Rafael Ratão, para o Esquadrão, e Medina, para o Jipão. A partida foi realizada na Arena Fonte Nova, na tarde deste sábado, 16,

A final será dividida em dois jogos, assim como nas edições anteriores. O primeiro confronto será no último domingo do mês, no dia 31 de março, no Barradão ou no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, a partir das 16h. Já o último jogo do Baianão 2024 será no dia 7 de março, domingo seguinte, também a partir das 16h, onde será definido o grande vencedor da temporada. 

Com a melhor campanha do Baianão, o tricolor de aço fará o segundo confronto da final dentro de casa, na Fonte Nova, com um público predominante vestindo o vermelho, branco e azul, seja contra o Leão ou a Onça. Entretanto, antes disso joga fora de casa, no dia 31 de março, domingo, pela partida de ida, no Barradão ou no estádio Mário Pessoa. 

Porém, se há possibilidade de BaxVi na final do estadual, há certeza na 6ª rodada da Copa do Nordeste. A partida será nesta quarta-feira, 20, na Arena Fonte Nova, com início previsto para às 21h30. Enquanto o tricolor é o líder do grupo B, com 12 pontos, o rubro-negro está na 3ª posição do grupo A, que é liderado pelo Sport. 

O Jogo: 

A primeira chance do Esquadrão surgiu aos seis minutos da primeira etapa, quando, após passe de Biel, Estupiñan chutou desequilibrado de canhota por cima do gol, desperdiçando a primeira finalização. Na sequência, dominando o critério de posse de bola, o Bahia chegou novamente com Biel, que arriscou da entrada da área, de perna esquerda, e finalizou ao canto direito da trave, gerando perigo ao gol defendido pelo goleiro Marcos. 

Ainda na primeira metade dos 45 minutos iniciais, após jogada de escanteio, Ademir recebeu livre na entrada da pequena área e finalizou por cima do gol. A primeira finalização a meta do Jequié foi feita aos 20 minutos quando, sem goleiro, o centroavante Estupiñan finalizou fraco, dando tempo para o zagueiro do Jipão tirar quase em cima da linha. 

As chances do Esquadrão não pararam de crescer. Desta vez com um ótimo passe de Luciano Juba, Ademir recebeu livre na entrada da pequena área e finalizou no ângulo direito do gol, que prontamente foi defendido pelo goleiro Marcos. Pouco tempo após este lance, o Bahia teve outro escanteio, que foi batido por Juba ao meio da grande área. De cabeça, Gabriel Xavier conseguiu ficar com a sobra e abriu o marcador. Entretanto, após análise do VAR, o juiz Eziquiel Sousa Costa anulou o gol e manteve o placar em zero. 

Aos 37 minutos, o Bahia somava uma estatística de 80% da posse de bola, segundo apuração da TVE, emissora oficial da competição. Com a bola no pé, o Esquadrão chegou ao gol do Jequié novamente em uma jogada de bola parada. Após ótimo cruzamento de Biel, Estupiñan ganhou da grande área e finalizou ao canto superior direito, abrindo o placar. Confira o gol: 

Segundo tempo: 

Na volta para a segunda etapa, o Esquadrão voltou ligado no 220v e não deu chances para a equipe do interior do estado. Aos 3 minutos, após ótima jogada coletiva, Ademir levantou um cruzamento para o meio da área, que prontamente foi recebido e finalizado pelo centroavante colombiano, que marcou o seu segundo gol na partida e terceiro com a camisa do Bahia.  

No embalo do bom momento, em jogada pela direito e um belo drible de Ademir, Estupiñan recebeu na entrada da pequena área, girou e finalizou com a perna esquerda ao alto do gol, sem chances para o goleiro Marcos, que viu a equipe adversária abrir três gols de vantagem. Veja jogada: 

Com o resultado encaminhado, Ceni realizou as primeiras mudanças do elenco, entre eles o atacante Rafael Ratão, que após jogada de Yago Felipe pela direita, recebeu a sobra e finalizou de direita, ampliando o placar no seu primeiro toque na bola neste sábado. Assim, com uma goleada no placar, o Esquadrão conseguiu manter a posse e apenas administrar a classificação à final. Confira lance do gol:  

O próximo lance de perigo do tricolor veio com Thaciano, que tinha entrado há poucos minutos e logo deu um passe para Yago Felipe, que finalizou ao gol e foi interceptado pelo Capa, jogador do Jequié. A jogada seguiu para revisão de um possível pênalti, mas nada foi marcado após o árbitro Eziquiel Sousa Costa confirmar que a bola bateu na axila do atleta. 

Na reta final, aos 45 minutos, após Barrozo finalizar em cima de Adriel, goleiro do tricolor, Medina, camisa 7, recebeu o rebote e conseguiu diminuir o placar.  Assim, com um resultado de 4x1, o Bahia se garantiu na final do Campeonato Baiano de 2024 e segue em busca do bicampeonato. 

Publicações relacionadas