Brasil faz história no Mundial de Atletismo Paralímpico | A TARDE
Atarde > Esportes

Brasil faz história no Mundial de Atletismo Paralímpico

Brasileiros conquistaram 47 medalhas, seis a mais que o Mundial anterior

Publicado terça-feira, 18 de julho de 2023 às 08:53 h | Autor: Da Redação
No último dia de competições, o país brilhou com sete medalhas conquistadas
No último dia de competições, o país brilhou com sete medalhas conquistadas -

O Brasil fez história nesta segunda-feira, 17, ao se consagrar no Mundial de Atletismo Paralímpico em Paris, alcançando o maior número de medalhas na história do país. Um total de 47 medalhas foi conquistado, superando o recorde anterior de 40 pódios em 2013 e estabelecendo a melhor campanha brasileira até então.

A campanha inédita no Mundial foi refletida positivamente na classificação geral da competição. Com as 47 medalhas conquistadas, o Brasil ficou em segundo na classificação geral, com mais medalhas que a China, mas perdendo por ter dois ouros a menos. 

Essa conquista histórica é ainda mais significativa, pois desde o Mundial em Assen 2006, na Holanda, a China sempre liderava em número de medalhas totais, tornando esse recorde brasileiro ainda mais especial.

No último dia de competições, o país brilhou com sete medalhas conquistadas, e alguns atletas se destacaram de maneira especial. Nas provas dos 100 m T47, Petrúcio Ferreira garantiu o tricampeonato mundial, enquanto José Alexandre conquistou a prata, reforçando a dobradinha brasileira. Nos 200 m T11, Jerusa Geber brilhou ao conquistar o ouro, e Thalita Simplício fez bonito ao levar para casa a medalha de bronze.

No Mundial, o Brasil conquistou pódios em todas as áreas de deficiência, abrangendo atletas com deficiências visuais, intelectuais e físicas.

Publicações relacionadas