Campinense é contra realização de jogo do Flamengo na Paraíba; entenda | A TARDE
Atarde > Esportes

Campinense é contra realização de jogo do Flamengo na Paraíba; entenda

Segundo o presidente do clube, a vinda do Flamengo para disputar uma partida na Paraíba é um "retrocesso"

Publicado terça-feira, 02 de janeiro de 2024 às 15:27 h | Autor: *Da Redação
Lênin Correia, presidente do Campinense.
Lênin Correia, presidente do Campinense. -

A escolha do Estádio Almeidão, em João Pessoa, como palco para o confronto entre Nova Iguaçu e Flamengo pela 2ª rodada do Campeonato Carioca tem gerado divergências entre os torcedores paraibanos. A decisão tem sido tema de intensos debates e comentários nas arquibancadas locais, dividindo opiniões sobre a realização da partida no estado.

Lênin Correia, presidente do Campinense, expressou sua discordância em relação à presença do time carioca na região, considerando tal medida um retrocesso. Ele destacou que a vinda do Flamengo para a Paraíba vai de encontro a uma luta significativa dos nordestinos, delineando preocupações sobre os impactos dessa escolha para o futebol local.

Em estados fora do eixo Sudeste-Sul, é comum que os torcedores adotem times de fora da região. Segundo uma pesquisa divulgada em abril de 2023, o Flamengo se destaca como o time favorito de 27,5% dos torcedores nordestinos, consolidando-se como líder no ranking de preferência na região. Essa realidade contribui para intensificar a discussão em torno da presença do Rubro-Negro carioca em jogos realizados no Nordeste.

Isto é um retrocesso. Vai contra tudo aquilo que brigamos para termos um futebol paraibano forte, sem influência do eixo Rio-São Paulo — disse Lênin Correia.

A definição do Estádio Almeidão, em João Pessoa, como local para o confronto entre Nova Iguaçu e Flamengo no Campeonato Carioca ocorreu logo após um encontro entre a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF-PB), Michelle Ramalho, e o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim.

Lênin, presidente do Campinense, expressou sua opinião sobre o assunto, afirmando não acreditar em intervenção do estado para trazer o Flamengo à Paraíba. Ele ressaltou sua confiança no trabalho de Michelle Ramalho à frente da Federação, porém, foi incisivo ao abordar o confronto entre Flamengo e Nova Iguaçu.

O dirigente da Raposa foi contundente em suas declarações sobre a partida, evidenciando sua posição crítica em relação à escolha do local para o jogo entre as equipes cariocas, apesar de não acreditar em influências diretas do estado nesse processo.

Tomara que não tenha havido nenhuma interferência do Governo Estadual ou da Federação (FPF-PB) para trazer este jogo ridículo para a Paraíba. Confiamos e apoiamos a presidente Michelle Ramalho. Quero acreditar que não aconteceu interferência dela para esse jogo — completou Lênin.

A última vez que o Flamengo veio à Paraíba foi justamente para enfrentar o Campinense. O jogo foi válido pela Copa do Brasil de 2013 e aconteceu no Amigão, em Campina Grande. Com gols de Renato Abreu, para o Flamengo, e de Jeferson Maranhense, para o Campinense, a partida acabou com uma vitória por 2 a 1 para os cariocas.

Publicações relacionadas