Diretor da Sudesb exalta importância de projeto esportivo | A TARDE
Atarde > Esportes

Diretor da Sudesb exalta importância de projeto esportivo

Wilton Neves falou das suas expectativas sobre o Verão Costa a Costa

Publicado terça-feira, 19 de dezembro de 2023 às 12:03 h | Atualizado em 19/12/2023, 12:16 | Autor: Téo Mazzoni e Marcello Góis
Wilton Neves é diretor de fomento ao esporte da Sudesb
Wilton Neves é diretor de fomento ao esporte da Sudesb -

Na manhã desta terça-feira, 19, foi lançado pelo governo do estado a segunda edição do projeto Costa a Costa, que visa estimular a prática esportiva na costa litorânea da Bahia. Em entrevista ao Portal A TARDE, Wilton Neves, Diretor de fomento ao esporte da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), explica que a ação servirá para orientar os atletas a seguirem suas respectivas carreiras em modalidades de alto rendimento caso queiram. 

“É um projeto muito importante para a gente que atua na área de fomento porque ele incentiva a prática o esporte de participação, aquele praticado fora das regras tradicionais, fora das competições tradicionais e também fomenta o lazer. Que é um componente importante da prática do esporte, o lazer e o esporte, eles andam juntos. Para a Sudesb, é um projeto muito importante que através desse prática esportiva você pode também ao final de um processo desse identificar talentos e que eles possam, caso queiram, seguir a carreira esportiva, seguir para o esporte de alto rendimento. É fundamental esse tipo de projeto”, explicou o gestor.

Iniciado em 2020, o Verão Costa a Costa visa movimentar o esporte e a economia no litoral baiano, o maior do país, com mais de 932 km de praias. Interrompido pela pandemia, o projeto volta com força total em 2024.

“Esse projeto ele está na segunda edição. A primeira fizemos em 2020 e tivemos um intercurso que foi a pandemia, sendo executado até março. Ele só foi concluído em 2022 por conta dessas restrições. Mas agora estamos muito esperançosos de que será um projeto ainda mais forte do que foi o primeiro. Estamos consolidando a ideia de um projeto que atenda a faixa litorânea de um estado que tem o maior litoral do país”, pontuou. 

O Verão Costa a Costa também servirá para jovens a darem início uma modalidade esportiva. O projeto dará suporte para melhorarem suas habilidades e a prepará-los para o futuro.

“A partir da iniciação esportiva você tem crianças e jovens que podem ter as suas habilidades aperfeiçoadas nesse tipo de d projeto e seguirem naturalmente para um processo de profissionalização, fazer carreira no esporte de alto desempenho”, concluiu.

A segunda edição do Verão Costa a Costa acontece de 18 de janeiro a 14 de abril de 2024, em seis cidades litorâneas da Bahia: Prado, Porto Seguro, Ilhéus, Maraú, Camaçari e Salvador. 

Publicações relacionadas