Dupla Ba-Vi tenta retomar hegemonia no Baianão

Demais equipes buscam manter a taça fora de Salvador

Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2022 às 17:23 h | Atualizado em 14/01/2022, 19:05 | Autor: Lucas Pereira*

Está tudo pronto para a temporada começar oficialmente para as equipes baianas. É o Campeonato Baiano 2022 que vai abrir o ano do futebol local para a alegria das torcidas por todo o estado. A rodada de abertura da competição acontece neste final de semana, com dois jogos neste sábado, 15, e mais três partidas domingo, 16 (veja abaixo o raio-x das equipes que vão brigar pelo troféu).

icon download
Tabela da primeira fase (apenas jogos de ida) 223,76 - PDF
Tabela da primeira fase (apenas jogos de ida) 223,76 PDF
 

O certame terá um total de 10 equipes se enfrentando em turno único. Os quatro primeiros colocados avançam para o mata-mata, com jogos de ida e volta, nas semifinais e finais, que serão dia 30 de março e 03 de abril. Já o clássico Ba-Vi da primeira fase será dia 02 ou 03 de fevereiro.

Para esta edição, uma mudança foi realizada no regulamento e agora os dois últimos colocados na primeira fase serão rebaixados para a segunda divisão do Estadual, já que antes só o lanterna caía. “Acho que abrilhanta ainda mais a competição (a mudança do regulamento), dará uma maior competitividade. Temos grandes times e muitas novidades nos elencos do interior, acredito que será um grande campeonato”, destacou o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ricardo Lima, em entrevista à reportagem de A TARDE.

Em 2021, a final do Baianão foi histórica e contou com a presença de duas equipes do interior: O Atlético de Alagoinhas, que se sagrou campeão, e o Bahia de Feira, que foi o vice. Por isso, neste ano, Bahia e Vitória tentam retomar a hegemonia do certame estadual. Além destas equipes, esta edição da competição conta com um time estreante, o Barcelona de Ilhéus, e os remanescentes Doce Mel, Jacuipense, Juazeirense, UNIRB e Vitória da Conquista.

Para esta temporada, a presença da Covid-19 tem feito estragos nos elencos das equipes antes mesmo do campeonato se iniciar, mas o presidente da FBF garantiu que a disputa pode ser considerada segura. “Temos um regulamento prevendo os casos de Covid, bem como um plano de retomada do futebol baiano. Lógico que precisamos mapear toda e qualquer variável que venha influenciar nos jogos, para isso temos uma equipe médica na qual temos total confiança”, concluiu o dirigente.

Equipes que vão brigar pelo troféu:

Atlético de Alagoinhas - Querendo manter o título estadual, o Carcará traz nomes experientes como o goleiro Fábio Lima e o treinador Agnaldo Liz.

Bahia - O Tricolor tenta retomar a hegemonia estadual e vai disputar dois jogos com a transição, depois, a "responsa" será do time de Guto Ferreira.

Bahia de Feira - Vice no ano passado, o Tremendão foca na mescla de juventude e experiência, com destaques para Paulo Paraíba e Deon.

Barcelona de Ilhéus - Estreante no Baianão, o "tik-taka" do Sul vem de título na Segundona e busca a manutenção sob a batuta de Paulo Sales.

Doce Mel - Penúltima colocada em 2021, a equipe de Cruz das Almas traz como destaques o meia Carlos Magno e o goleiro Geovane.

Jacuipense - Buscando voos altos, a equipe que tem Rodrigo Chagas no comando técnico, aposta em nomes como o meia experiente Danilo Rios.

Juazeirense - Após boa temporada em 2021, a equipe de Francisco Diá quer repetir as boas atuações e conta com nomes como o goleiro Rodrigo Calaça.

UNIRB - Indo para seu segundo ano na elite estadual, o time traz Lourival Santos no comando técnico e um time recheado com jovens apostas.

Vitória - Buscando fazer um ano forte e erguer a taça estadual, o Leão se reestruturou com Dado Cavalcanti no comando técnico e Jadson como maestro.

Vitória da Conquista - Querendo voltar a fazer boa campanha, o time de Zé Humberto tem nomes conhecidos como o zagueiro Silvio e o meia Rafael Granja.

 *Sob a supervisão dos editores Léo Santana e Nelson Luis

Publicações relacionadas