adblock ativo

Em casa, Atlético-GO leva virada do CRB; time alagoano entra no G4 da Série B

Publicado sábado, 18 de junho de 2016 às 18:57 h | Atualizado em 19/11/2021, 07:35 | Autor: Estadão Conteúdo
adblock ativo

Na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, o Atlético Goianiense perdeu por 2 a 1 para o CRB, neste sábado, pela 10.ª rodada. O placar deixou o time goiano ainda na vice-liderança, com 20 pontos, atrás do Vasco. Antes, tinha segurado o 0 a 0 com o Joinville. O time alagoano, que vinha de vitória em casa diante do Bragantino, atingiu os 18 pontos, entrando no G4 - a zona de acesso - em terceiro lugar.

Atuando em casa e sonhando com a liderança, o time goiano tomou as iniciativas ofensivas. Conseguiu ficar mais tempo com a bola nos pés e teve mais volume. Até criou algumas chances, mas errou no último passe, o que dificultou nas finalizações. Só Júnior Viçosa, artilheiro do time com três gols, perdeu três oportunidades.

O CRB entrou com a disposição defensiva. O goleiro Juliano fez duas boas defesas. A partir dos 30 minutos equilibrou as ações, daí passou a tentar os contra-ataques. Teve duas boas chances para marcar. Mas também finalizou errado.

O segundo tempo recomeçou sem mudanças. Dentro de campo, as situações pareciam iguais ao início. O Atlético tentando romper a marcação do CRB, que voltou tentando explorar mais a velocidade pelas beiradas do campo. Welinton Junior, que tinha acabado de entrar no lugar de Bruno Nascimento, quase abriu o placar para os alagoanos em bela jogada individual, quando deu chapéu em um marcador e bateu de primeira para defesa de Marcos.

Como quem não faz toma, o castigo veio dois minutos depois. Aos 20 minutos, Júnior Viçosa ajeitou a bola pelo lado direito da área e levou batendo de "três dedos". Ele viu Michel, que mergulhou e desviou de cabeça no cantinho direito de Juliano. O volante apareceu na área como "homem surpresa".

Mas o CRB empatou. Após escanteio pelo lado direito, Lúcio Maranhão tocou de cabeça à queima-roupa e Marcos espalmou. Na pequena área, o zagueiro Adalberto ajeitou e fuzilou para as redes. Tudo igual de novo.

Os últimos minutos foram de pressão atleticana. Depois apareceu bem o goleiro Juliano, que impediu o segundo gol goiano com três grandes defesas. Valeu no final novamente o ditado de quem não faz toma. Todo no ataque, o Atlético sofreu contra-ataque mortal. Welinton Junior disparou em velocidade e sozinho. Na grande área, teve calma para tocar por cima na saída do goleiro Marcos. Virada aos 41 minutos.

Nesta terça-feira acontece a 11.ª rodada completa com 10 jogos. O Atlético vai até Florianópolis para enfrentar o Avaí, que vem de quatro derrotas seguidas. O CRB volta a atuar dentro de casa, no estádio Rei Pelé, em Maceió, diante do Paraná.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 x 2 CRB

ATLÉTICO-GO - Marcos; Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva e Romário; Michel, Pedro Bambu, Magno Cruz (Luís Soares) e Jorginho (Caíque); Gilsinho (William Schuster) e Júnior Viçosa. Técnico: Marcelo Cabo.

CRB - Juliano; Bocão, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Matheus Galdezani, Olívio, Dakson (Éder Loko) e Bruno Nascimento (Welinton Junior); Luidy (Rodolfo) e Lúcio Maranhão. Técnico: Mazola Júnior.

GOLS - Michel, aos 20, Adalberto, aos 27, e Welinton Junior, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gilsinho, Marllon e Caíque (Atlético-GO); Bruno Nascimento (CRB).

ÁRBITRO - Jailson Macedo de Freitas (BA).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 2.810 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

adblock ativo

Publicações relacionadas