Bahia perde no Pituaçu e segue freguês do Internacional

Publicado domingo, 13 de junho de 2021 às 22:55 h | Atualizado em 19/11/2021, 12:15 | Autor: Rafael Tiago Nunes

Com um futebol medíocre, Bahia joga pedra em santo no Pituaçu e, mesmo com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, escapa de ser goleado e perde apenas por 1 a 0 para Internacional. Essa foi a primeira derrota do Tricolor na Série A do Brasileiro. Com o resultado deste domingo, 13, o Esquadrão agora soma nove partidas sem conseguir vencer o time gaúcho. Desde que voltou à elite nacional, o time baiano não sabe o que é derrotar o Inter.

O único gol da partida foi marcado por Edenilson, que converteu pênalti inexistente, marcado pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães.

Agora, o Bahia soma quatro pontos e caiu para oitava posição. Já o Internacional venceu a primeira, chegou aos mesmos quatro pontos e, por conta do saldo de gols, ocupa a 13ª colocação na tabela.

O Inter volta a campo na quarta-feira, quando pega o Atlético-MG. Enquanto o Bahia visita o Ceará no Castelão, na quinta.

Jogo terrível

Bahia e Inter fizeram um primeiro tempo extremamente fraco, de poucas oportunidades e sem criatividade. As equipes empilharam faltas e passes errados. Dessa forma, quase não houve lance de perigo nos 45 minutos iniciais.

O Tricolor demorou a entrar no jogo e, até os 20 minutos, apenas assistiu o Colorado tentar, sem sucesso, surpreender. O Esquadrão não teve dificuldades em neutralizar o ataque adversário, mas quando tinha a bola nos pés também não sabia o que fazer.

O único lance de perigo do Inter ocorreu aos 28 minutos e, erroneamente, acabou em gol. Taison aproveitou o erro na saída de bola do Bahia e enfiou para Edenílson. O meia tentou driblar o goleiro Matheus Teixeira e se jogou. O árbitro Wagner do Nascimento caiu encenação do jogador e deu pênalti. O VAR não entrou em ação. Edenilson foi pra cobrança e converteu.

Mesmo atrás no placar, o Bahia demorou a reagir. E só assustou aos 47. Rodriguinho deu belo passe para Gilberto, o camisa 9 bateu forte, mas o goleiro Daniel pegou.

Sem força, sem bola

A segunda etapa começou movimentada, mas não com lances bonitos. Logo aos seis minutos, Lucas Ribeiro deu uma cotovelada em Rossi e foi levou vermelho direto. O resto foi totalmente improdutivo.

Publicações relacionadas