Bahia recebe CRB em busca de fazer seu melhor 1º turno da Série B

Feito anterior havia ocorrido em 2015, quando o Esquadrão terminou a disputa sem o acesso

Publicado terça-feira, 19 de julho de 2022 às 06:00 h | Atualizado em 18/07/2022, 22:50 | Autor: Luiz Teles
Copete, que vestirá a camisa 36 na Série B, pode estrear pelo Esquadrão
Copete, que vestirá a camisa 36 na Série B, pode estrear pelo Esquadrão -

Com o triunfo sobre o Guarani no último sábado, o Bahia igualou sua melhor campanha em um turno da Série B desde que o torneio passou a ser disputado por pontos corridos. Nesta terça-feira, 19, no duelo de encerramento dos confrontos de ida, às 19h, contra o CRB, na Arena Fonte Nova, o Tricolor luta por mais três pontos que lhe garantiriam ao menos a 3ª posição na tabela na metade da competição (um recorde), além da manutenção de uma distância de 7 pontos do 5º colocado.

Em suas seis participações na Série B com o atual formato – em pontos corridos, com 38 jogos em duelos de ida e volta –, esta é a 3ª vez que o Bahia termina o 1º turno dentro da zona de acesso (veja na tabela ao lado). Em 2010 (quando subiu ao fim do campeonato), era o 4º na tabela e tinha 31 pontos e zero de distância para o Náutico, 5º colocado. Já em 2015 (quando não subiu), era novamente 4º e tinha os mesmos 33 pontos que tem este ano, a um de diferença, coincidentemente, novamente do Náutico.

Caso vença nesta terça-feira, além de manter a vantagem de 7 pontos para o 5º colocado, o Esquadrão garante no mínimo a 3ª posição, mas ainda pode passar o Vasco (2º, com 34 pontos) e terminar o turno na vice-liderança.

Um triunfo sobre o CRB teria também um bom impacto no moral do time. O Bahia está sem vencer há quatro jogos na Fonte Nova (derrotas para Chapecoense, Novorizontino e Athlético-PR, e um empate com o Grêmio) e, desde seu retorno, o técnico Enderson Moreira ainda não conseguiu ganhar em Salvador.

E para alcançar os 36 pontos que deixariam o clube a apenas 27 dos 63 necessários para ter 99% de chances de acesso (segundo dados do Departamento de Matemática da UFMG), o Bahia terá alguns reforços. Além do apoio da torcida, que já garantiu ao menos 23 mil ingressos, o técnico Enderson Moreira já poderá escalar os atacantes Igor Torres (apresentado na segunda, vindo do Fortaleza) e Copete, ambos regularizados.

O treinador conta também com o retorno do zagueiro Luiz Otávio (que volta de lesão), do lateral Matheus Bahia (que estava suspenso) e do volante Rezende, ausente por contusão desde o jogo contra o Brusque, em 28 de junho. Djalma, suspenso, e Emerson Santos, ainda em fase de recondicionamento físico, são desfalques.

Com um elenco maior em mãos, a dúvida é se o treinador manterá o esquema com três zagueiros ou se retorna à escalação com dois volantes. Mesmo com Copete e Igor Torres à disposição, a tendência é que fiquem no banco de reservas, ao lado de Marco Antônio e Rodallega, com Davó e Raí favoritos para iniciar o jogo. 

O último treino antes da partida, na tarde de segunda, no CT Evaristo de Macedo, foi fechado à imprensa, e o elenco realizou trabalhos táticos em campo reduzido, além de ensaio de jogadas de bola parada ofensivas e defensivas.

César deixa o clube

O Bahia acertou rescisão de contrato com o goleiro César, que vai atuar pelo Boavista (POR). O arqueiro, de 30 anos, foi contratado pelo Tricolor em março e tinha contrato até dezembro de 2023, mas ficou na reserva de Danilo Fernandes e não chegou a entrar em campo. No acordo com o clube português, o Esquadrão manterá 10% dos direitos econômicos do jogador.

Outro que estaria próximo de deixar o clube é o lateral-direito Jonathan, 29, que chegou ao Bahia no início da temporada e não conseguiu se firmar no elenco, perdendo espaço para os jovens Douglas Borel e André. 

FICHA TÉCNICA:

Bahia x CRB - 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), às 19h

Árbitros: André Castro (GO)

Assistentes:  Cristhian Sorence e Leone Rocha (ambos de GO)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Bahia - Danilo Fernandes; André, Ignácio, Luiz Otávio, Gabriel Xavier e Matheus Bahia; Patrick, Daniel e Lucas Mugni; Raí e Davó. Técnico: Enderson Moreira 

CRB - Diogo; Raul Prata, Gum, Wellington Carvalho e Bryan; Yago, Uillian Correia e Rafael Longuine; Fabinho, Anselmo Ramon e Negueba. Técnico: Daniel Paulista

Publicações relacionadas