"Fui pego de surpresa", revela Edson sobre titularidade contra o Sport

Publicado segunda-feira, 22 de março de 2021 às 20:29 h | Atualizado em 19/11/2021, 12:00 | Autor: Alex Torres

O resultado maiúsculo por 4 a 0 conquistado contra o Sport no fim de semana foi favorável em muitos aspectos para o Bahia. Além de levantar a moral do time principal, principalmente após o revés sofrido no clássico Ba-Vi, o volante Edson pôde começar sua primeira partida como titular na temporada 2021.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Copa do Nordeste

Em entrevista coletiva, realizada nesta segunda-feira, 22, no CT Evaristo de Macedo, o próprio volante afirmou que foi pego de surpreso ao ver que estava em os onze iniciais para a partida contra o Leão da Ilha. Apesar de ter sido o primeiro jogo como titular na temporada, Edson afirmou que vinha se preparando para esse momento.

“Todo jogador tem que estar preparado para essas situações. Fui pego de surpresa, mas vinha trabalhando forte. Dado me falou que estava merecendo pelos trabalhos que estava fazendo [...] Acredito que esse jogo foi importante para nos dar confiança no restante da Copa do Nordeste. A gente acredita que contra o CSA vai estar bem mais tranquilo para conquistar os três pontos”, garantiu.

Revelado pelo Alecrim, do Rio Grande do Norte, o atleta de 22 anos chegou ao Bahia em 2019. No entanto, a primeira temporada dele com a camisa tricolor foi atuando pelo sub-23 e, somente no ano seguinte, realizou o primeiro jogo no time profissional. Para esse ano, Edson falou da expectativa em se firmar no time e, quem sabe, conquistar títulos no Esquadrão.

“Espero que seja uma temporada de conquistas, que possa ter sequência, me consolidar aqui no Bahia. Que possa ganhar títulos, ter grandes triunfos. Isso o que a gente espera, brigar pelas coisas lá em cima”, projetou o meio-campista.

Quanto aonde ele prefere atuar em campo, Edson garantiu que pode ser escalado nas duas posições de defesa do meio-campo e que, essa decisão, isso fica a critério do treinador Dado Cavalcanti. “Dado me conhece bem, não é de agora. Ele sempre me colocou de primeiro volante, mas sempre que precisou joguei de segundo volante. Onde ele preferir que jogue, vou sempre dar o meu melhor”.

Publicações relacionadas