Grupo City enviou vídeo motivacional antes do acesso do Bahia | A TARDE
Atarde > Esportes > E.C.Bahia

Grupo City enviou vídeo motivacional antes do acesso do Bahia

Soriano, Pep Guardiola, Gundogan, Rodri e Ederson mandaram mensagem para o elenco Tricolor

Publicado segunda-feira, 07 de novembro de 2022 às 11:34 h | Atualizado em 07/11/2022, 11:54 | Autor: Da Redação
O vídeo foi enviado para a concentração do Tricolor em Maceió
O vídeo foi enviado para a concentração do Tricolor em Maceió -

Apesar de não autorizar nenhum tipo de associação pública antes do acerto da compra da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), que deve acontecer em dezembro de 2022, o Grupo City vivenciou o processo de acesso do Bahia para a Série A do Campeonato Brasileiro.

Os possíveis investidores do Tricolor mandaram um vídeo motivacional com alguns representantes do clube que foi utilizado na concentração do Tricolor antes do duelo contra o CRB, realizado no último domingo, 6, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O vídeo contou com a presença do executivo Ferran Soriano, CEO do Grupo City, do goleiro Ederson, do meia alemão Gundogan, do espanhol Rodri e do técnico Pep Guardiola. Eles deixaram um recado para todo o elenco do Tricolor. 

Além disso, após o acesso, o twitter do Manchester City em língua portuguesa parabenizou o Bahia pelo acesso para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com essa aproximação entre o Grupo City e o Bahia, o acordo ainda não está concretizado. Está prevista uma Assembleia Geral para adequação do estatuto, prevista para ocorrer no dia 26 de novembro. Na sequência será emitido um parecer do Conselho com previsão de ser apreciado no dia 29 do mesmo mês e na sequência ocorre uma nova AGE para aprovação da aquisição do grupo no dia 10 de dezembro.

Proposta do Grupo City

O City Football Group, ou "Grupo City" apresentou uma proposta para a compra de 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Bahia com o aporte financeiro de R$ 1 bilhão. 

O valor será dividido em três frentes. Para a compra de jogadores, será disponibilizado R$ 500 milhões do montante. Para pagamento de dívidas do clube, será disposto R$ 300 milhões. Por fim, R$ 200 milhões será designado a investimentos em infraestrutura, categorias de base, além de capital de giro e outras finalidades.

De acordo com o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, o contrato prevê que todos os ativos ligados ao futebol do clube passarão a ser geridos pelo Grupo City, tendo 90% de autonomia das funções. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS