adblock ativo

Na raça, Bahia arranca empate com o Goiás

Publicado domingo, 18 de agosto de 2019 às 18:09 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Rafael Tiago Nunes | Fotos: Raul Spinassé | Ag. A TARDE
Guerra marcou o gol do empate na Arena Fonte Nova
Guerra marcou o gol do empate na Arena Fonte Nova -
adblock ativo

Gilberto sentiu o músculo posterior da coxa durante o aquecimento e foi vetado. Nino Paraíba não apresentou condições de jogo e sequer foi para o banco de reservas. Moisés expulso com seis minutos de jogo. A tarde tinha tinha tudo para dar errado para o Bahia neste domingo, 18, contra o Goiás, na Arena Fonte Nova.

Mas o elenco tricolor foi guerreiro, se multiplicou em campo e, após sair atrás no placar, em jogada de escanteio, Guerra acertou um chutaço de primeira e garantiu o empate em 1 a 1.

>>Veja a tabela de classificação 

>>Confira os próximos jogos

Mesmo com um a menos durante praticamente toda a partida, em momento algum o time de Roger Machado abdicou de atacar e buscar o gol. O garoto Ronaldo fez uma ótima partida e mostrou que vai brigar por uma vaga no time titular, assim como o meia Guerra, que apresentou um vasto repertório de dribles, passes, viradas de jogo e, é claro, finalização.

Com o resultado, o Bahia chegou aos 21 pontos e se manteve na 10ª colocação. Enquanto o Goiás chegou aos 18 pontos e está em 12º.

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço encara o Atlético-MG, no estádio Independência, sábado, às 11h. Enquanto o Goiás recebe o Internacional, domingo, às 16h, no Serra Dourada.

Expulsão relâmpago

Roger Machado planejou um time bem ofensivo para encarar o Goiás, mas sofreu um baixa logo no aquecimento do elenco. O atacante Gilberto sentiu o músculo posterior da coxa e foi vetado. Fernandão foi escolhido para começar.

Mesmo assim, ainda se esperava um Bahia atacando, indo para frente. Até mesmo porque o time entrou com apenas dois volantes – Flávio e Ronaldo – e quatro atacantes: Fernandão, Artur Victor, Élber e Lucca.

Mas tudo foi por água abaixo quando, aos cinco minutos do primeiro tempo, Moisés fez uma falta dura em Jean Carlos. O lance seguiu, mas o VAR entrou em ação e o lateral tricolor foi expulso. Vermelho direto.

Mesmo com um a menos, o Esquadrão tinha o controle do jogo e criou os lances mais perigosos. Aos 19, após boa troca de passes, Artur recebeu de Fernandão e soltou uma bomba, na rede, pelo lado de fora.

Aos 26 minutos, Lucca arriscou de longe, após cobrança de falta, e obrigou o goleiro Tadeu a fazer grande defesa.

O Bahia seguia buscando o gol, mas, em um lance isolado, aos 36, o Goiás abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches subiu muito e testou forte, sem chances para o goleiro Douglas.

Insistência e gol

Quem esperava um Goiás recuado, esperando o Bahia, errou! O time alviverde partiu para cima e foi em busca do segundo gol. Logo aos 3 minutos, Yago Rocha cruzou na área, Marlone testou e quase encobriu o goleiro Douglas.

Sem conseguir ameaçar a meta Esmeraldina, o técnico Roger Machado resolveu mexer no time, e foi ousado. Ele tirou o amarelado lateral Ezequiel e colocou o meia venezuelano Guerra, empurrando Flávio na lateral.

Na raça, Bahia arranca empate com o Goiás
Na raça, Bahia arranca empate com o Goiás
Na raça, Bahia arranca empate com o Goiás
Na raça, Bahia arranca empate com o Goiás |

E as mexidas surtiram efeito. Aos 14, Fernandão recebeu cruzamento preciso de Lucca e cabeceou para baixo, como manda a cartilha, mas Tadeu fez um verdadeiro milagre.

Um minuto depois, após novo cruzamento na área, quase Fernandão balança as redes. Ele testou forte e a bola tirou tinta da trave de Tadeu.

O Goiás respondeu na sequência. Aos 18, Marlone saiu na cara do gol após desvio de Rafael Moura. Ele cortou a marcação e chutou pra fora.

Aos 25, Roger Machado foi premiado pela ousadia. Após cobrança de falta para a área do Goiás, a bola ficou viva, Jefferson afastou mal e Guerra pegou de primeira para deixar tudo igual na Fonte Nova.

O Esmeraldino voltou a assustar aos 39. Marcelo Hermes arriscou de muito longe e mandou à esquerda do gol de Douglas, com perigo.

E em uma cobrança de falta, aos 49 minutos, Douglas fez uma defesaça e garantiu o empate no placar. Renatinho cobrou falta no ângulo, e Douglas Friedrich catou a bola.

adblock ativo

Publicações relacionadas