"Não jogamos mais com um centroavante", afirma Everaldo em coletiva | A TARDE
Atarde > Esportes > E.C.Bahia

"Não jogamos mais com um centroavante", afirma Everaldo em coletiva

Everaldo concecedeu entrevista coletiva após a sessão de treinamentos desta sexta-feira, 8

Publicado sexta-feira, 08 de março de 2024 às 14:21 h | Autor: *Da Redação
Everaldo concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 8.
Everaldo concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 8. -

Everaldo, responsável pelo primeiro gol do Bahia contra o Ceará, concedeu entrevista coletiva no CT Evaristo de Macedo, após a sessão de treino desta sexta-feira, 8.. Durante a entrevista, o centroavante abordou o estilo de jogo adotado pela equipe nesta temporada e a competição pela posição.

"A forma como o professor Rogério joga não jogamos mais com um centroavante, jogamos de uma forma diferente. Então não é só o Thaciano, não é só o Oscar, é uma competição saudável, com todo mundo, com Biel, Ademir, Ratão. Nossos gols são bem distribuídos, não tem ninguém muito a frente do outro, porque a forma que nós jogamos não tem mais o centroavante fixo. A disputa é natural, é saudável”, expliocou.

No clube desde a temporada passada, Everaldo também discutiu sua relação com o Bahia, os torcedores e como ele lida com as críticas.

“Primeiramente eu tenho muito orgulho de vestir essa camisa, sempre faço o meu melhor. Às vezes não acontece o que espero, faz parte do futebol, as críticas são normais e desde que sejam construtivas eu aceito tranquilamente. Aqui, de verdade, é incrível. O torcedor é muito fanático, meus filhos são crianças que têm amigos aqui e acabaram escolhendo o Bahia como seu primeiro time”.

Por último, Everaldo mencionou as duas viradas recentes do Bahia, uma contra o Juazeirense, pelo Campeonato Baiano, e outra contra o Ceará, pela Copa do Nordeste.

“Foram jogos difíceis, mas dois jogos completamente diferentes. O Juazeirense com um campo muito difícil, porque nosso time não é montado na disputa física, então foi complicado. Contra o Ceará, eles jogaram no nosso erro, fizeram um gol, mas tivemos resiliência, mentalidade boa fora de casa, e conseguimos impor o nosso jogo, e conseguimos ser felizes. Até acho que cometemos alguns erros no jogo, mas faz parte, estamos em evolução”.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS