Pelo Nordestão, Bahia enfrenta River-PI | A TARDE
Atarde > esportes > E.C.Bahia

Pelo Nordestão, Bahia enfrenta River-PI

Tricolor pode alcançar o sexto triunfo consecutivo no ano

Publicado sábado, 10 de fevereiro de 2024 às 07:00 h | Autor: Patrick Levi
Titular absoluto, Caio Alexandre tem ditado o ritmo do jogo do Bahia
Titular absoluto, Caio Alexandre tem ditado o ritmo do jogo do Bahia -

Sai hoje o resultado do sorteio da Mega-Sena de Carnaval. O apostador que vai conseguir ser o próximo milionário do Brasil vai precisar de muita sorte para alcançar esse feito. Definitivamente fechar os seis números não é fácil, mas tem um time que está bem pertinho de completar a sena: O Tricolor de Aço.

Com o triunfo por 5 a 0 na última rodada do Campeonato Baiano, sobre o Itabuna, a equipe chegou aos cinco triunfos seguidos na temporada — feito que não ocorria desde março de 2022. Hoje, em partida válida pela segunda rodada do Nordestão, contra o River-PI, o Bahia vai atrás do sexto resultado positivo seguido — feito que conseguiu pela última vez há seis anos.

A bola vai começar a rolar às 16h, no Albertão, em Teresina. Embalado, o clube baiano contará com seus reforços que chegaram nessa janela de transferências para, mesmo fora de casa, tentar dominar as ações ofensivas e se manter na liderança do Grupo B da Copa do Nordeste. Na estreia no torneio, no próximo ao fim da partida, venceu o Sport (2 a 1) com gol de Rafael Ratão e conquistou os três pontos.

Pés no chão

O comedido treinador tricolor, Rogério Ceni, pede calmaria aos seus comandados. Isso ganha maior relevância quando se leva em conta o que revela os números que o Bahia tem alcançado nesse início de temporada. Em ótima fase, o Esquadrão tem média de quase três gols por jogo no Estadual. No entanto, o discurso de Ceni segue por uma linha mais cautelosa.

“Só acho que temos que ter um pouco de calma. Alguns times oferecem bastante resistência. Outros times não oferecerem resistência. Mas para um ano todo, para quando você entrar em jogos mais complicados, acho que falta muito ainda para a gente chegar em um ponto que seja ideal. Claro que todos ficam empolgados, mas temos que ter calma. Ainda existem carências que precisamos ajustar”, disse o técnico no pós-jogo contra o Itabuna.

Se o adversário de hoje está no grupo das equipes que oferecem menor resistência, o histórico desse duelo não diz muita coisa, dado que os times só se enfrentaram uma vez, pela Copa do Brasil de 2020. Na ocasião, o River, também diante da sua torcida, se sagrou vencedor pelo placar de 1 a 0. Aquele jogo, inclusive, marcou a eliminação precoce do Bahia no torneio.

Em compensação, o River é o lanterna do grupo A. Na primeira rodada, a equipe do Piauí perdeu o seu jogo contra o Treze, então a equipe busca recuperação no campeonato. O que pesa contra o Galo é que o elenco tricolor tem muitas peças participativas. Os gols que o time de Rogério Ceni está fazendo não estão concentrados em um só jogador.

Nomes como Everaldo, Éverton Ribeiro, Yago Felipe e Jean Lucas já foram às redes duas vezes desde a estreia do time principal — nas duas rodadas iniciais do Campeonato Baiano, o time foi a campo apenas com o elenco sub-20. Ao total, até aqui, já doze atletas diferentes marcaram gols pelo Bahia no ano.

O adversário

O River vinha bem no Campeonato Piauiense, mas teve sua sequência positiva interrompida na última rodada, em duelo contra o Altos. Com o revés, o treinador da equipe, Fabiano Soares, fez uma análise do seu time: “[...] temos que consertar e melhorar nossa dinâmica de ritmo”.

Mesmo com a derrota, o adversário do Bahia permanece líder do estadual, dado que até então estava invicto. O time tem 12 pontos conquistados em cinco jogos disputados — quatro vitórias. No Piauiense, o River é o time mais fatal do torneio (9 gols marcados).

Publicações relacionadas