Sem atuar, Cesar se despede do Bahia: "Meu coração fica aqui"

Goleiro revelou desejo de atuar na Europa e está a caminho do futebol português

Publicado segunda-feira, 18 de julho de 2022 às 19:03 h | Atualizado em 18/07/2022, 19:03 | Autor: Da Redação
Cesar não chegou a atuar em nenhum jogo pelo Bahia
Cesar não chegou a atuar em nenhum jogo pelo Bahia -

Com destino ao futebol português, o goleiro Cesar se despediu do Bahia, nesta segunda-feira, 18. Em vídeo publicado pela assessoria do clube, o atleta de 30 anos falou do desejo em atuar na Europa e agradaceu a todos que o apoiaram no período em que esteve no Tricolor. 

"Eu vim aqui agradecer a todos vocês [...] Eu sou grato a cada torcedor que me recebeu com carinho e respeito nesse clube. Eu estou indo embora pela oportunidade e desejo de jogar na Europa. Mas meu coração fica aqui como mais um torcedor do Esquadrão. Eu acredito que, em novembro, vamos poder comemorar esse acesso para a Série A, que é o principal objetivo do clube. Vou ter o orgulho de dizer que fiz parte desta grande equipe", disse Cesar. 

Logo em seguida, o atual diretor de futebol do Bahia, Eduardo Freeland, também falou sobre a saída do goleiro. O executivo elogiou a conduta e transparência de Cesar durantes as negociações e desejou sucesso ao atleta. 

"Venho comunicar a saída do goleiro César, que recebeu uma proposta para jogar na Europa. Esse sempre foi o sonho dele e da família. Ele teve uma conduta muito transparente com o clube desde o início, manifestou para a gente a intenção e o interesse. Conversei com ele, e entendemos que o atleta merece ter essa oportunidade. Foi um jogador que agregou muito ao Bahia nos três meses em que esteve conosco. A gente deseja que ele tenha muito sucesso lá", afirmou Freeland. 

Cesar foi anunciado como jogador do Bahia no fim de março deste ano, período em que Danilo Fernandes esteve ausente devido ao atentado no ônibus que feriu seu olho. No entanto, Matheus Teixeira foi o cotado para assumir a titularidade. 

Devido a essa situação, o goleiro de 30 anos deixa o Bahia sem sequer ter atuado com a camisa do clube, tendo sido presença constante no banco de reservas da equipe. 

Publicações relacionadas