Time feminino do Bahia enfrenta Cruzeiro e será rebaixado se perder de novo

Publicado domingo, 20 de junho de 2021 às 12:31 h | Atualizado em 20/06/2021, 12:34 | Autor: Aurélio Lima

O Bahia blindou seu elenco feminino na semana do jogo decisivo da Série A1. Neste domingo, 20, contra o Cruzeiro, às 17h, em Belo Horizonte, uma nova derrota rebaixa antecipadamente a equipe tricolor. Entrevistas foram suspensas. Haverá apenas coletiva após o jogo.

Na 16ª e última colocação, o time baiano busca seu primeiro triunfo no Brasileiro. Perdeu nove das 13 partidas disputadas e o resultado é o rebaixamento certo, esperando apenas a confirmação matemática. Mesmo um empate ou um triunfo não deve fazer o Esquadrão se salvar. Afinal, enfrenta na rodada derradeira o forte São Paulo, já classificado às quartas de final.

De qualquer maneira, são seis pontos em jogo neste domingo, pois o Cruzeiro também luta contra o rebaixamento e, no improvável caso de o Bahia vencer suas duas últimas partidas na Série A-1, irá a dez pontos. Aí, contando com duas derrotas de quatro dos adversários diretos pela vaga, que estão acima na tabela de classificação, a equipe tricolor permanecerá na elite.

A missão de vencer e torcer contra os rivais não chega a ser impossível, pois na última rodada disputada o Minas Brasília deu um exemplo de como mandar o desespero para longe após ganhar um confronto direto. Antes com apenas oito pontos, o time brasiliense corria sério risco, mas venceu por 1 a 0 o Bahia e contou com derrotas de dois concorrentes e um empate do outro. O Minas respira um pouco mais aliviado, agora com 11 pontos e na 11ª colocação.

Insatisfeita com a campanha das meninas, a diretoria do Esquadrão explica em parte o desempenho ruim do time com o fato de que o planejamento foi prejudicado pela demora em saber se o Bahia se salvaria do rebaixamento no Brasileiro masculino de 2020. Caso caísse, haveria corte de gastos.

Publicações relacionadas