adblock ativo

Colo-Colo vence no Barradão e elimina Vitória

Publicado sábado, 21 de março de 2015 às 20:45 h | Atualizado em 21/03/2015, 21:01 | Autor: Eliano Jorge
ecvitória, colo colo, baianão
ecvitória, colo colo, baianão -
adblock ativo

Pareciam as decisões de 2006, quando o Colo-Colo conquistou os dois turnos e seu único título do Estadual, no Barradão. Neste sábado, 21, nada deu certo para o Vitória, que acabou caindo nas quartas de final do Campeonato Baiano.

Mesmo depois de ter vencido por 2 a 1 em Ilhéus, no jogo de ida, o Leão - que podia perder por um gol de diferença porque tinha melhor campanha - tomou 2 a 0. A zebra também o tira da Copa do Nordeste do próximo ano.

Uma bola na trave e um pênalti perdido pelo goleador Neto Baiano no fim aumentaram o drama dos donos da casa, na estreia do técnico Claudinei Oliveira.

O Tigre vai enfrentar Vitória da Conquista ou Bahia de Feira, que duelarão neste domingo, 23, no Sudoeste, após empate sem gols no Joia da Princesa.

O jogo

Os visitantes, que precisavam vencer por dois gols de diferença, pressionaram a saída de bola do Leão no início do jogo e causaram problemas.

Essa postura deu resultado aos 12 minutos, quando o goleiro rubro-negro Fernando Miguel cobrou tiro de meta para o zagueiro Ednei, que perdeu a bola na frente da área para Andrey, o autor da assistência para o meia Jussimar abrir a contagem.

Aos 19 minutos, o atacante Jackson bateu falta no travessão. Na cobrança seguinte, aos 32, ele acertou o canto e aumentou o placar para 2 a 0 e o desespero do time favorito.

O Vitória demorou para acordar. Aos 24 minutos, havia pedido pênalti no toque de braço do zagueiro Michel na área. Mas só passou a dar trabalho ao Tigre pouco antes do intervalo. O atacante Neto Baiano e o lateral esquerdo Euller, em arremates de fora da área, assustaram.

Neto Baiano sofreu pênalti e teve a chance de garantir a classificação aos 39 minutos do segundo tempo, mas Waldson defendeu seu chute. "A culpa foi minha. Pênalti, não pode perder. A gente treina todo dia, tem que fazer (gol)", afirmou o artilheiro do Leão.

Os zagueiros Ramon, duas vezes, e Ednei também quase marcaram, sempre de cabeça. Rogério, da meia-lua, carimbou o travessão.

Machucado, o meia Escudero não atuou. Tenta voltar quinta, contra o América, em Natal, pela Copa do Nordeste.

adblock ativo

Publicações relacionadas