Condé lamenta empate e ressalta: "Esperava um jogo complicado" | A TARDE
Atarde > esportes > E.C.Vitória

Condé lamenta empate e ressalta: "Esperava um jogo complicado"

Leão da Barra empatou com o Vila Nova e adiou matematicamente o acesso

Publicado segunda-feira, 06 de novembro de 2023 às 08:50 h | Autor: Marcello Góis
Técnico Léo Condé em ação no empate contra o Vila Nova, no Barradão
Técnico Léo Condé em ação no empate contra o Vila Nova, no Barradão -

Mais uma vez o retorno do Vitória a Série A foi adiado. Diante de mais de 29 mil torcedores no Barradão, o Leão da Barra empatou com o Vila Nova por 1 a 1 e ampliou a vantagem de seis pontos para Juventude e Atlético-GO, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Léo Condé reconheceu a dificuldade do jogo e lamentou por não ter concretizado matematicamente o acesso.

"Realmente a gente esperava um jogo complicado. O Vila vem fazendo boa campanha, estavam vindo de vitória no clássico que jogou a equipe deles para cima. A gente não esperava sofrer gol tão rápido. Colocamos quarto homem no meio para ter controle de jogo, o Matheusinho ter liberdade. De uma certa forma, a gente tomou o gol, eles baixaram a linha de marcação. Tiraram o espaço que a gente imaginava explorar, principalmente pelo lado esquerdo e dá liberdade pelo lado direito. Como não conseguimos encaixar, trouxemos Rodrigo para o lado, Giovanni no outro, e seguimos sem encaixar o nosso jogo. Passamos a ter amplitude, voltamos bem no segundo tempo. Faltou fazer o gol", disse inicialmente o treinador. 

"Jogamos a equipe deles para o campo de defesa. A partir do momento que não conseguiu fazer o gol, era para se atirar mais, coloquei o Gegê, que é um meia volante. Trouxe pra dentro o Matheusinho pra fazer uma função de meia e coloquei o Zé Hugo na esquerda, que fez um belo gol. Poderíamos ter virado, o Welder teve chance. O adversário teve espaços. A gente lamenta muito, queria ter definido matematicamente o acesso hoje diante do nosso torcedor, mas de qualquer forma é mais uma rodada que a gente se mantém em primeiro, a seis pontos do segundo. Esperamos concretizar na próxima, quem sabe".

", completou.

Condé pontuou sobre ansiedade e a chateação do grupo por não ter conquistado o acesso diante do torcedor Rubro-Negro, que fez bela festa mas arquibancadas.

"Estão todos chateados por não ter concretizado o acesso diante do torcedor, mas ao mesmo tempo conscientes do que estamos fazendo ao longo da competição. Com 66 pontos nessa rodada, em anos anteriores, é muito difícil uma equipe chegar. É para eles se orgulharem da campanha que estão fazendo. Claro que a gente fica decepcionado por não ter concretizado o acesso. É uma equipe madura, consciente, que sabe que vai ter que fazer mais uma boa semana de trabalho, bem focado e bem concentrado", revelou.

Autor do bonito gol que deu o empate ao Vitória, Matheusinho foi um dos destaques individuais da partida contra o Vila. Condé elogiou o jogador e destacou sua versatilidade, já que pode atuar como meia e atacante de beirada.

"O Matheus é um jogador que vem crescendo na competição. Joga em várias funções. Você vê o Marcelo, do Fluminense, que joga em várias funções. Para o Vitória, para o torcedor, que bom ter um jogador dessa qualidade, muito dinâmico, que tem ganhado confiança para chutar com a perna ruim, como foi nessa noite. Tem um futuro brilhante", elogiou.

O próximo compromisso do rubro-negro baiano será contra o Novorizontino, no próximo domingo, 12, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela 36ª rodada. Condé não terá Rodrigo Andrade e Gegê, suspensos. Em compensação, Dudu e Wellington Nem retornam a equipe após cumprirem suspensão. 

"O Dudu, a característica dele, a gente não tem muito no elenco, um jogador que arrasta e tira a gente de trás. Infelizmente são situações que acabam acontecendo. Tenho retorno dele, vamos avaliar a equipe do Novorizontino. É uma base com jogadores que subiram comigo em 2021. O Vitória, mesmo jogando fora de casa, tem feito bons jogos. Esperamos fazer boa semana de trabalha. É buscar uma boa peça de reposição para a ausência do Rodrigo Andrade", finalizou.

Publicações relacionadas