Leão enfrenta Jacupa pelo Baiano em primeiro jogo da temporada | A TARDE
Atarde > esportes > E.C.Vitória

Leão enfrenta Jacupa pelo Baiano em primeiro jogo da temporada

Formação titular do ano passado deve ser mantida com novidades pontuais

Publicado quarta-feira, 17 de janeiro de 2024 às 07:00 h | Autor: Daniel Farias
Imagem ilustrativa da imagem Leão enfrenta Jacupa pelo Baiano  em primeiro jogo  da temporada
-

O Vitória vive um momento especial após sequência de superação, com momento delicado na Série C e duas subidas heróicas, consolidadas com o título da Segundona e o retorno à primeira divisão cinco anos depois. A estreia no Campeonato Baiano contra o Jacuipense, hoje, no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, significa o começo de uma fase nova para o Leão. 

A base do time titular da campanha histórica na Série B de 2023  continua na Toca e o clube contratou mais de 10 no vos jogadores, de diferentes posições e  com características distintas, do experiente zagueiro Cristián Zapata, que jogou no Milan e na Seleção Colombiana, até o recém-chegado e jovem centroavante Alerrandro, que estava no  Red Bull Bragantino.

Na avaliação  do      técnico Léo Condé, do Vitória, a manutenção da maior parte dos jogadores titulares do ano passado foi fundamental. Mais do que isso, o comandante acredita que essa continuidade pode ser considerada  o maior reforço para a temporada. 

“A gente teve a chegada de atletas importantes. O clube se movimentou bastante dentro das suas condições.  Mas acho que o principal reforço foi manter a base do ano passado. A direção se esforçou e conseguiu manter a base  titular. A gente fica feliz com a chegada de novos jogadores, mas o que deixa mais esperança de uma boa temporada é a manutenção da base vencedora”, afirmou, em entrevista coletiva, ontem, no Centro de Treinamento do time. 

Base e reforços 

Para a partida contra o Jacupa, a tendência é que  Léo Condé leve a campo uma equipe formada predominantemente por   atletas que já estavam no Rubro-Negro. Na defesa, por exemplo, além do goleiro  Lucas Arcanjo, é provável que o lateral-direito Zeca e os zagueiros Camutanga e Wagner Leonardo sigam entre os titulares. No meio, Dudu e Rodrigo Andrade devem começar jogando.

 Os atletas que certamente não irão para o jogo são o goleiro Maycon Cleiton, o meia Luan e os atacantes Alerrandro e Everaldo, que chegaram na Toca  do Leão  no início da semana.  Já Patric Calmon, mais conhecido como PK, reforço que chegou do Cuiabá, deve começar na titularidade como  lateral-esquerdo. 

“O mais importante de começar temporada é ter a equipe base montada, e nós temos. A gente teve 12 ou 13 dias de trabalho, ainda é pouco. Mas temos um conjunto, devemos mudar só três ou quatro peças. Alguns atletas ainda precisam de tempo. Alerrandro, Everaldo, Luan, os atletas chegaram em períodos diferentes.   Temos uma base de equipe e alguns jogadores que chegaram em nível mais avançado, como o Willian e o PK,  que chegaram em condições boas e podem começar jogando. Caio Dantas também”, revelou o treinador. 

 Sem contar com Léo Gamalho, que se recupera de lesão, Condé provavelmente irá escalar o centroavante Caio Dantas, que disputou a Série B do ano passado pelo Vila Nova. Os pontas Iury Castilho e Osvaldo devem continuar na equipe, formando o quarteto ofensivo com Matheusinho.  

Ainda na entrevista na Toca, o treinador falou das  características de Caio Dantas, com quem já trabalhou no Botafogo-SP, na terceira divisão,  e no Sampaio Corrêa, na Série B.  

 “Caio trabalhou comigo em duas oportunidades e foi artilheiro nas duas: na Série C com o Botafogo-SP, quando fomos campeões, e na Série B com o Sampaio, quando quase conseguimos o acesso. É um jogador com drible, boa finalização. Tenho certeza que vai agregar muito. As contratações passam pelas mãos de muitas pessoas”, falou, destacando    a importância de iniciar o ano com um resultado positivo. 

 “Eu falo muito isso com os jogadores. O estadual é muito importante e todos sabem disso. Mesmo jogando fora de casa vamos tentar fazer um jogo forte. Temos que entender os momentos do jogo, saber pressionar, baixar as linhas. Vai ser importante começar bem”.

Publicações relacionadas